Mídias Sociais

Cidades

Churrasqueiras são apreendidas em praias de Cabo Frio

Thaiany Pieroni

Publicado

em

 

A coordenadoria de posturas de Cabo Frio intensificou a fiscalização com o intuito de coibir o uso de churrasqueiras, principalmente as utilizadas para a comercialização de queijo coalho, nas praias da cidade.

De acordo com o município desde o fim de semana, as ações estão sendo realizadas em diversos pontos e até o momento 30 churrasqueiras foram apreendidas, nas praias do Forte, Peró e das Conchas.

Segundo o coordenador de posturas, Alexandre Lopes, a venda deste tipo de produto está proibida desde o começo do ano, por força de decreto municipal. O descarte indevido na natureza é um dos principais problemas da atividade. Pela Lei de Crimes Ambientais (Lei Federal nº 9.605, de 12 de fevereiro de 1998), causar danos em unidades de conservação ambiental é considerado delito sujeito à prisão. “Além disso, há casos de pessoas, inclusive crianças e idosos, que se queimam e machucam até seriamente com a brasa indevidamente despejada na areia das praias”, conclui o coordenador.

A coordenadoria reforçar ainda que à população também deve coloborar com a fiscalização. As denúncias podem ser feitas pelo WhatsApp da Coordenadoria pelo número (22) 98835-4140. A identidade do denunciante será mantida em sigilo.


 

Mais lidas do mês