Mídias Sociais

Cidades

Cabo Frio tem quatro casos confirmados de doenças transmitidas pelo mosquito Aedes aegypti

Thaiany Pieroni

Publicado

em

 

A Vigilância Epidemiológica Municipal de Cabo Frio confirmou, que somente durante o mês de janeiro, já foram confirmados quatro casos de doenças transmitidas pelo mosquito Aedes aegypti. Outros três casos foram notificados. Diante deste cenário e da época propicia a proliferação do inseto, a Secretaria Municipal de Saúde de Cabo Frio está realizando ações preventivas e solicitando o apoio da população.

A Vigilância Epidemiológica Municipal explica que o Ministério Público indica a utilização do carro fumacê somente em locais com alto índice de infestação do Aedes aegypti e casos notificados das doenças em altos números. Com isso, a principal arma é que os moradores evitam objetos que acumulam água parada e manter quintais e áreas externas sempre limpas.

“O carro fumacê elimina apenas os mosquitos que tem contato com a fumaça, dificultando a finalização de ovos e larvas, que também são prejudiciais à saúde humana e ao ecossistema. Não estamos em epidemia de dengue e nem em sinal de alerta para adotarmos medidas de controle mais eficaz. Mas como medida preventiva precisamos eliminar os criadouros e não deixar o mosquito se desenvolver”, explica a coordenadora de Vigilância em Saúde Ambiental de Cabo Frio, Andreia Nogueira.

A população pode pedir o apoio da coordenadoria através do telefone (22)

Mais lidas da semana