Mídias Sociais

Cidades

Cabo Frio realiza sétima captação de órgãos no Hospital São José Operário

Thaiany Pieroni

Publicado

em

 

Neste fim de semana, algumas vidas foram salvas graças a solidariedade de duas famílias, que perderam seus familiares por morte cerebral e autorizaram a doação dos órgãos. A captação dos órgãos foi realizada por uma equipe do Programa Estadual de Transplantes (PET), que esteve no centro cirúrgico do complexo São José Operário / Hospital Central de Emergência (HCE), em São Cristóvão.

“Precisamos agradecer aos familiares do doador. Cabo Frio é referência no estado e a equipe do município está há quase 36 horas verificando todos os procedimentos necessários para garantir que outras vidas sejam ajudadas com estes órgãos”, explicou a diretora médica, Cenir Amorim.

Desde o ano passado, foi implantada no município a Comissão Intra-Hospitalar de Doação de Órgãos e Tecidos para Transplante  (CIHDOTT), que entrou em funcionamento em abril do mesmo ano. Com isso, Cabo Frio passou figurar na Central de Notificação, Captação e Distribuição de Órgãos e Tecidos (CNCDO). De acordo com as diretrizes nacionais, cabe às comissões identificar possíveis doadores. Para isso, há todo um trâmite a ser percorrido, desde o diagnóstico de morte encefálica à criação de métodos junto às famílias para a possibilidade da doação. Esta é a sétima captação em parceria com a Secretaria de Saúde de Cabo Frio.

O prefeito Dr. Adriano Moreno, que é médico, esteve na unidade e destacou o trabalhou de todas as equipes. “Este é um momento de esperança para aqueles que estavam na fila do transplante. Quero agradecer aos familiares, que em um momento tão triste e de perda, encontrou amor e sensibilidade para ajudar ao próximo. Como médico, fico emocionado em ver o tamanho empenho da equipe de médicos e enfermeiros, a dedicação em ajudar outras pessoas, dando a chance de uma nova vida, finalizou o prefeito.

 

Mais lidas da semana