Mídias Sociais

Cidades

Cabo Frio participa de uma pesquisa para identificar quantas pessoas foram infectadas pelo novo coronavírus.

Thaiany Pieroni

Publicado

em

 

O município de Cabo Frio fará parte do projeto “Inquérito de Soroprevalência da Covid-19”, que tem por objetivo descobrir qual a relação entre contaminação e pacientes assintomáticos e será realizado em seis etapas.

De acordo com a Prefeitura, a A ação é realizada pela Secretaria Estadual de Saúde, por meio da Subsecretaria de Vigilância em Saúde; Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e o Laboratório Central de Saúde Pública Noel Nutels (Lacen/RJ). Em cada etapa da pesquisa serão realizadas 100 coletas, que deverão ser pré-agendadas através do 0800 022 1160, em horário comercial, das 8 às 17h.

A primeira etapa acontece nesta quarta, 01 e quinta-feiras 02, no Laboratório Municipal de Análises Clínicas, ao lado do Pronto Atendimento Médico (PAM), em São Cristóvão. Os exames realizados serão teste rápido, coleta de sangue e coleta de swab nasal.

As 100 vagas para a primeira etapa já foram preenchidas e as vagas para as próximas etapas serão preenchidas na véspera de cada ação. Lembrando que 3ª Etapa será nos dias 27 e 28 de julho, no ESF Samburá, em Tamoios; A 4ª Etapa nos dias 12 e 13 de agosto, no  Laboratório Municipal de Análises Clínicas, ao lado do Pronto Atendimento Médico (PAM), em São Cristóvão; A 5ª etapa, nos dias  26 e 27 de agosto, no Hospital Municipal Otime Cardoso dos Santos (HMOCS), no Jardim Esperança/ E a última nos dias 8 e 9 de setembro, também no ESF de Samburá, em Tamoios.

O público-alvo são pessoas com idade acima de 18 anos, com sintomas gripais ou não. Os voluntários deverão levar carteira de identidade e CPF.

Para evitar aglomeração os voluntários deverão obedecer ao horário de agendamento, mantendo as recomendações sanitárias vigentes no município, como uso de máscaras. A pesquisa pretende estimar a real letalidade e identificar o número de suscetíveis ao vírus para direcionar novas estratégias para planejar a volta gradativa das atividades na cidade. O projeto já acontece em outras cidades do Estado e, além de Cabo Frio, o município de Saquarema também receberá a pesquisa.

Mais lidas da semana