Mídias Sociais

Cidades

Cabo Frio espera que dia D aumente a porcentagem de crianças vacinadas contra a poliomielite e o sarampo

Thaiany Pieroni

Publicado

em

 

O município de Cabo Frio espera que o Dia D contra a poliomielite e o sarampo, que será realizado neste sábado, 15, aumente o número de crianças imunizadas contra as duas doenças. A ação contará com 19 pontos de vacinação, das 8h às 17h, e marcará o encerramento da campanha.

Esta é a segunda vez que o Ministério da Saúde promove um dia D, já que em quase todo o país a meta de 95% de crianças de 1 ano a menores de 5 anos não foi alcançada. Em Cabo Frio, o público-alvo de Cabo Frio totaliza 10.662 crianças. Mas do dia 6 de agosto, quando a campanha iniciou, até o momento foram aplicadas 7.445 doses contra a pólio, que representa 69,83% da meta, e 7.580 contra o sarampo, que significa 71,09%. A baixa procura preocupa, já que compromete a cobertura vacinal e deixa a todos expostos uma vez que o sarampo é doença infectocontagiosa.

“Estamos com cerca de um mês e meio de campanha e quase 70% da meta. É muito pouco. Temos que vacinar as crianças para que toda uma comunidade não fique vulnerável. São doenças graves, que podem matar e os pais têm total responsabilidade em levar os pequenos para se protegerem. Façamos cada um a sua parte”, convocou o médico Beto Nogueira.

As unidades que vão funcionar no dia D no distrito de Tamoios são Esf’s Maria Joaquina, Botafogo e São Jacinto, PAM de Santo Antônio e de Unamar, Praça Escorre Sangue; e no primeiro distrito os Esf’s Jacaré, Tangará, Peró, Boca do Mato, Jardim Peró, Vila do Ar, Jardim Caiçara e Vila do Sol, Hospital do Jardim Esperança, UBS Praia do Siqueira, Centro de Saúde Oswaldo Cruz, Largo de Santo Antônio e Praça de São Cristóvão.


 

Mais lidas do mês