Mídias Sociais

Cidades

Cabo Frio decreta situação de emergência devido à greve dos caminhoneiros

Thaiany Pieroni

Publicado

em

 

O município de Cabo Frio decretou situação de emergência, devido à greve dos caminhoneiros, que chega ao oitavo dia nesta segunda-feira, 28. A decisão foi tomada pelo prefeito em exercício, Aquiles Barreto, após reunião realizada nesta manhã.

O prefeito enviou ainda uma solicitação pedindo para que a Policia Militar faça a escolta de caminhões de combustíveis para abastecimento de veículos que realizam serviços essenciais, como ambulâncias, carros da Secretaria de Saúde, viaturas da Guarda Civil e caminhões de recolhimento de lixo, não podendo ser vendido para terceiros. O prefeito determinou que todos os setores da Administração Municipal contingenciem o uso de combustíveis e demais insumos.

No ofício também foi solicitada escolta de outro caminhão para envio de combustível para a Auto Viação Salineira, custeado pela própria empresa, visando à continuidade do serviço de transporte público para a população.

O ponto facultativo nas escolas municipais será estendido para esta terça-feira, 29, devido à previsão de que o transporte coletivo ainda estará operando de forma reduzida.

Na área da saúde, as cirurgias eletivas (que não são urgentes) e consultas não urgentes realizadas fora da cidade com necessidade de transporte fornecido pelo Município estão sendo adiadas. Também está reforçando o estoque de vacinas de rotina em oito unidades de saúde, para que estejam abastecidas durante a semana em caso de agravamento da crise: UPAs do Parque Burle e de Tamoios, Hospital do Jardim Esperança, Hospital da Mulher, Centro de Saúde Oswaldo Cruz e postos de saúde de Santo Antônio, Unamar e Samburá. As demais unidades trabalham com o estoque de vacinas restante da semana passada.

A Comsercaf precisou interromper a coleta de galhos e entulho. Já o recolhimento de lixo domiciliar continua sendo feito de acordo com a escala reduzida divulgada na última sexta.

A Guarda Civil segue contingenciando combustível com as viaturas balizadas em locais estratégicos, circulando apenas nas ocorrências.

 

Mais lidas da semana