Mídias Sociais

Cidades

Búzios sediará ato por Marielle Franco nesta sexta-feira, 14

Thaiany Pieroni

Publicado

em

 

Nesta sexta-feira, 14, será realizado em Búzios um ato público, que pretende cobrar respostas do crime que levou a morte da vereadora do Rio de Janeiro, Marielle Franco e do seu motorista. A data marca nove meses do crime.

Na ocasião também será instituído o Coletivo Marielle Franco. O Coletivo estará no dia 14 de cada mês, às 20h na Praça Santos Dumont ouvindo a comunidade e propondo medidas no combate à violência. Além disso, será uma forma de zelar a pela placa, que será colocada no Jardim da Praça, em homenagem à Marielle, Anderson e todos que perderam e perdem a vida diariamente nos confrontos.

"A cada ano vemos a violência em Búzios, em especial nos bairros além pórtico, o crescente aumento dos casos de assassinatos, trocas de tiro, roubo, tráfico de drogas, violência contra mulher e contra crianças. Queremos políticas públicas acertadas para o fim desse estado de violência que vem assustando a população dessa que já foi uma pacata cidade de interior. Nessa guerra estamos todos na mira, moradores, turistas, policiais, bandidos,homens, mulheres, crianças. Estamos à mercê da desigualdade, da falta de emprego e renda, do descuido com o ambiente, da degradação das nossas paisagens, do esgoto que nos cerca. Tudo é violência quando visto de forma globalizada e não pontualmente, na guerra às drogas ou à chacina e a morte pela morte, nesse novo senso comum de justiçamento", dizia texto divulgado pelos membros participantes do ato.

 

Mais lidas do mês