Mídias Sociais

Cidades

BRK Ambiental entrega máscaras e água sanitária para doação no Lagomar, em Macaé

Bertha Muniz

Publicado

em

 

As máscaras artesanais foram indicadas pela Organização Mundial da Saúde (OMS). Hoje o uso delas é obrigatório no município para o deslocamento e permanência em locais públicos. Já diluições da água sanitária são usadas para higienizar e desinfectar superfícies, por serem capazes de eliminar o novo coronavírus (SARS-CoV-2). Ciente da importância desses materiais no combate à propagação da doença, a BRK Ambiental realizou a doação de duas mil unidades de cada um destes itens para distribuição entre a população do Lagomar, maior bairro de Macaé.

 

- Prestamos um serviço essencial à população, mas nos sentimos também na obrigação de cumprir um papel social. E neste momento que exige restrições, cuidados e, principalmente, consciência para nos mantermos saudáveis, queremos contribuir para oferecer melhores condições de prevenção a quem precisa lidar com esta nova realidade. Esta parceria é um recurso de prevenção que prezamos muito – explica Ricardo Santiago, diretor da BRK Ambiental.

 

As máscaras e os recipientes de água sanitária foram repassados nesta quarta-feira (12) à Associação de Moradores do Lagomar. A instituição ficará responsável pela distribuição aos moradores, que podem comparecer à sede para retirada dos materiais. Para alcançar o máximo de beneficiados, somente será permitida a retirada de um kit por pessoa. E todos que comparecerem ao local, devem respeitar as medidas de saúde e segurança para prevenção à Covid-19.

 

A Associação de Moradores do Lagomar fica na Avenida W22 (loja 2) e a distribuição dos kits com máscaras e água sanitária será realizada das 9h às 14h. A doação é uma das etapas planejadas para prevenção da doença no bairro e outras ações complementares estão em planejamento pela concessionária.

 

União para prevenção ao Coronavírus

 

A doação das máscaras e água sanitária faz parte de uma série de medidas adotadas pela BRK Ambiental e parcerias estabelecidas para prevenção à Covid-19 em Macaé. Além de adquirir o material de limpeza, os equipamentos de proteção foram produzidos por voluntárias do curso de Corte e Costura do Centro de Educação Tecnológica e Profissional (CETEP) da Prefeitura de Macaé, a partir da doação de insumos pela empresa.

 

Parte da produção das sete mil máscaras foi direcionada para distribuição gratuita a quem não pode pagar pelo dispositivo. Outra parte ficou para as próprias costureiras, como forma de complementar suas rendas durante a pandemia.

 

- Saber que estou colaborando para uma ação solidária e, ao mesmo tempo, poder ter uma renda extra para ajudar a minha família, o que com isso tudo não está sendo fácil, me tranquiliza. O arrecadado com a costura tem sido fundamental na renda familiar – disse Ana Paula Dias, costureira voluntária moradora do bairro Malvinas.

 

Em parceria com a Prefeitura, a BRK Ambiental doou ainda mais 20.250 máscaras cirúrgicas, que foram repassadas aos profissionais da saúde do município. Outras 180 máscaras artesanais também foram repassadas à Secretaria de Mobilidade Urbana pra distribuição aos agentes.

Mais lidas da semana