Mídias Sociais

Cidades

Autoridades e Sociedade Civil discutem RJ-106 em Audiência Pública

Thaiany Pieroni

Publicado

em

 

Representantes municipais, estaduais e federais, além da sociedade civil estiveram presentes na primeira audiência pública para discutir a RJ-106, realizada no final desta sexta-feira, 12, no Distrito de Tamoios, em Cabo Frio.

Durante o encontro, a população falou sobre os problemas enfrentados diariamente na estrada que é considerada uma das mais perigosas do Estado do Rio de Janeiro, quando se refere a acidentes. Somente nos cinco primeiros meses deste ano, mais de cem acidentes foram registrados.

As autoridades presentes escutaram as demandas e se pronunciaram dentro de sua alçada. O Deputado Estadual Serginho informou que antes da audiência já havia entrado em contato com o responsável pelo Departamento de Estrada e Rodagem (DER), que anunciou que dentro do prazo de 15 dias irá iniciar uma ação de recapiamento e drenanagem da RJ-106. O trecho contemplado começa em Tribobó e vai até o início de Macaé. Por isso, ainda não se sabe quando a ação chegará ao Distrito de Tamoios.

O Deputado também se comprometeu em investigar a questão da ponte, que liga Tamoios a Barra de São João. Segundo ele, técnicos do DER estiveram recentemente no local e constataram que não há risco eminente dela cair neste momento. Mas, que atuará para viabilizar a fiscalização da passagem de cargas pesadas.

Já os representantes da Secretaria de Mobilidade Urbana do município apresentaram um projeto detalhada, que está sendo elaborado pelo município para tornar a RJ-106 segura, dentro do perímetro urbano.

O projeto conta com alinhamento dos cruzamentos para que sejam feitas travessias de carros; Integração entre a Avenida da Independência e a Rodovia Amaral Peixoto; Aumento no número de baias de estacionamento com vagas para idosos e deficientes, além de área específica para carga e descarga; Aumento no tamanho das calçadas; Instalação de iluminação na Avenida da Independência; E integração das ciclovias.

"Esse projeto está sendo levado para Brasília pelo prefeito para que seja pleiteada uma verba para sua execução. Nós quando mobilidade urbana estamos correndo atrás para a liberação de toda documentação necessária. Pois precisamos que seja um projeto aprovado pelo DER, pelo Governo e pela população", frisou Isabela Martins, representante da Mobilidade Urbana.

Ao final da audiência ficou decidido que uma reunião será realizada entre as autoridades municipais, estaduais e federais no DER de Araruama para o início de uma conversa, que será levada para o DER do Estado do Rio de Janeiro.

A vereadora Letícia Jotta, responsável pela audiência informou que acredita nos avanços. "As autoridades presentes firmaram o compromisso de buscar soluções imediatas para os problemas apresentados. Com a união de todos vamos alcançar nossos objetivos. Precisamos avançar! Tamoios e toda Região podem contar com a minha luta e dedicação de sempre. Quero agradecer aqueles que estiverem presentes e contribuíram para que a Audiência fosse um sucesso. Foi de suma importância ver a participação da sociedade e de diversas autoridades, todos lutando por um só objetivo', frisou a vereadora.

Mais lidas do mês