Mídias Sociais

Cidades

Atividades pedagógicas de escolas de Macaé abordam os 207 anos do município

Daniela Bairros

Publicado

em

 

 

Daniela Bairros

As escolas da rede municipal de ensino de Macaé, na semana em que a cidade completa 207 anos, estão abordando o tema nas atividades pedagógicas, que neste ano, estão sendo feitas em casa devido à crise da Covid-19. Entre as abordagens, está a apresentação do vídeo do projeto “Navegando na Poesia”.

Criada pela coordenadora pedagógica do Colégio Municipal Aroeira, Maria Amélia Neves Gonçalves, o vídeo “Navegando na Poesia” será apresentado na série “Cidades, e homenageia Macaé, além da poesia “Piratear Macaé”. A escola está disponibilizado todos os conteúdos no blog www.educacaonaopara.com, além das redes sociais e outras plataformas online. O aniversário de Macaé, assim como a história da cidade, deverá ser abordada após o recesso escolar.

O  “Navegando a Poesia” é desenvolvido no  Colégio Municipal Renato Martins, localizado no bairro Ajuda; Escola Estadual Municipalizada Nosso Senhor dos Passos, no bairro Botafogo,  Colégio Municipal José Calil Filho, no  Barreto; Escola Municipal Maria Cristina Castelo Branco da Cruz (Cabiúnas); Colégio Municipal Aroeira (Aroeira) e a Escola  Estadual Municipalizada Leonel de Moura Brizola, na Barra. O objetivo é promover o acesso à leitura e à escrita, levando em consideração a cultura local e regional.  A ação é uma realização da Associação Raízes, em parceria Petrobras, por meio do Programa Petrobras Socioambiental.

Participante do projeto, o  Ciep Leonel de Moura Brizola está envolvendo os 1.200 alunos da Educação Infantil e 1º ao 9º ano do Ensino Fundamental em atividades com foco para Macaé e seu aniversário. Professores da escola e integradores estão destacando a importância administrativa, econômica e histórica do município.  Segundo a diretora Eliane Araújo, o vídeo do projeto “Navegando Poesia” também está sendo repassado no Facebook da escola.

Além do blog educacaonaopara, o “Leonel de Moura Brizola” também está investindo em outras ações pedagógicas com atividades no Google Classroom, ferramenta para orientar os alunos através de vídeos explicativos e pontuar  correção de exercícios. Uma sala de recursos pelo “Classroom”, com professor especializado,  também atendendo os alunos com necessidades especiais com atividades adaptadas.  A escola também realizou entrega de livros didáticos e utiliza as ferramentas de Facebook e Instagram. Também foi elaborado um cronograma de entregas de apostilas, seguindo as regras de distanciamento social,  para os alunos que não dispõem de internet, além de materiais adaptados para os alunos da Educação Especial. Já o contato entre as diretoras Eliane de Araújo, Valéria Machado e Rafaela Rangel com a equipe técnica ocorre diariamente/semanalmente de acordo com a necessidade por meio de reuniões, e grupo de WhatsApp específico da escola.

A adesão ao blog foi reforçada com a campanha "Educação não para e não deixa ninguém parado",  que está mobilizando estudantes e familiares da Educação Infantil. Ensino Fundamental (1º ao 9º ano), Educação de Jovens e Adultos (EJA), Educação Inclusiva, Correção de Fluxo Escolar, Ensino Médio e Pré-Vestibular Social a reorganizar a rotina de estudos. Muitos estão até registrando as atividades feitas em casa nas redes sociais.

Crédito: Divulgação

Mais lidas da semana