Mídias Sociais

Cidades

Alunos e responsáveis fecham Rodovia Amaral Peixoto em protesto à situação da Escola Professora Marli Capp, em Tamoios, Cabo Frio

Avatar

Publicado

em

 

Pais e alunos da Escola Professora Marli Capp, em Tamoios, distrito de Cabo Frio fecharam por cerca de duas horas a Rodovia Amaral Peixoto, na altura na Quinta Avenida, no início desta segunda-feira, 04. O protesto iniciou após uma reunião, onde a direção expos a situação delicada da unidade, revoltado os presentes.

De acordo com a direção, apenas alguns professores receberam, o que gera uma dificuldade em manter as aulas. Além disso, recentemente a escola enfrentou problemas com a falta de merenda, materiais básicos, dentre outros.

Carla Santiago, que já foi aluna da unidade, foi na reunião por conta do seu irmão que agora é estudante da escola. A ex-estudante ficou encantada com a nova estrutura, mas lamentou o descaso com os professores. “Tinha muito tempo que não entrava na escola e fiquei surpresa como está linda, mas do que adianta se não tem professores? Eles não recebem, não tem material para trabalhar, ai fica complicado”, avaliou.

Já a mãe Lilian estava indignada com a situação e afirmou que é um verdadeiro descaso. “Eles pagaram alguns professores e outros não, ou seja, deram um cala boca. Mas do que adianta os alunos terem algumas disciplinas e outras não? Quem vai prestar o ENEM esse ano, como fica? E isso não é um problema só do Marli Capp, tenho uma filha que estuda no Amélia Ferreira, que vive o mesmo transtorno”, lamentou.

De acordo com as informações da direção, a unidade estará aberta, porém os professores, irão retornar as salas, conforme receberem o salário.

Já segundo a Conselheira Tutelar, Zenilda, uma reunião com uma comissão de pais e alunos junto a secretaria de educação foi agendada para acontecer nesta quinta-feira, 07.

 

Novo ato acontecerá na quarta-feira- Um novo protesto está marcado para acontecer na próxima quarta-feira, 06. Desta vez, a manifestação está sendo realizada pelos profissionais da educação e da saúde do município, que estão em greve por tempo indeterminado. Eles contam com o apoio da sociedade, principalmente dos pais e alunos de todas as unidades de ensino do município.

A concentração está marcada para às 10h, em frente ao Ginásio Poliesportivo João Augusto, em Tamoios.

 

Mais lidas da semana