Mídias Sociais

Cidadania

Assaí promove campanha do agasalho com postos de coleta em Macaé, Campos e Cabo Frio

Publicado

em

 

O Assaí Atacadista, por meio do Instituto Assaí, está promovendo sua Campanha do Agasalho para a arrecadação de roupas, agasalhos e cobertores em todo o país. Até o dia 31 de maio, todas as lojas da Companhia, contarão com postos de doação para a entrega de peças que estejam em bom estado de conservação e que serão distribuídas a famílias em situação de vulnerabilidade. Os locais de coleta são sinalizados e ficam próximos às portas de entrada e saída das unidades, atrás da linha dos caixas de pagamento.

 

Todo o volume de roupas arrecadado será entregue por meio das organizações sociais Rotary e Instituto SOS Gente, que garantirão que as roupas cheguem e aqueçam quem mais precisa.

 

“Estamos muito felizes em retomar esta Campanha após dois anos suspensa por conta da pandemia de Covid-19 e contribuirmos para formar esta corrente de solidariedade. O inverno chegou mais cedo neste ano e temperaturas muito baixas já começam a ser sentidas em algumas regiões brasileiras. Por isso, este é o momento certo para abrirmos o guarda-roupa em busca daquela blusa ou cobertor que já não usamos mais. É um gesto simples, mas que pode fazer toda a diferença na vida de quem está precisando de apoio para enfrentar os dias frios que estão chegando”, analisa Fábio Lavezo, Gerente de Sustentabilidade e Investimento Social do Assaí Atacadista.

 

Onde doar?

As doações poderão ser realizadas durante o mesmo horário das unidades, que funcionam de segunda a sábado das 7h às 22h, e aos domingos das 8h às 18h. É possível consultar no site o posto de doação mais próximo: https://www.assai.com.br/nossas-lojas

Confira os endereços das lojas da região: 

ASSAÍ MACAÉ OBELISCO: Avenida Lacerda Agostinho, 2.175, Virgem Santa – Macaé.

ASSAÍ CABO FRIO: Avenida América Central, 900, São Cristóvão - Cabo Frio.

ASSAÍ CAMPOS DOS GOYTACAZES: Av. Arthur Bernardes Trevo do Índio (Acesso à Rod. Mário Covas) - Campos dos Goytacazes.

Mais lidas da semana