Mídias Sociais

Caderno D

Três anos de muita arte em Macaé

Avatar

Publicado

em

 

Junho é um mês especial para a segmento cultural de Macaé. Mais precisamente no dia três deste próximo mês, o Polo de Cultura Fronteira irá comemorar três anos que foi reinaugurado, com uma proposta incrível, levando arte e conteúdo de qualidade aos jovens da cidade. Democratizando todas as expressões artísticas, através de uma programação de oficinas, cursos e atividades, o Polo valoriza o acesso à cultura e valoriza os talentos locais, que são muitos, por sinal.

Para ter conquistado esta etapa importante em sua história, o Polo chegou até aqui com uma ajuda importante, onde os moradores do bairro e diversos grupos ligados à cultura, estiveram unidos durante todo este período, fomentando com muita qualidade este belíssimo projeto.

A partir dos três anos, é possível usufruir de várias atividades ligadas a música, teatro, aulas de capoeira, artesanato e ginástica artística. Aulas de grafite, percussão, de contadores de história, também são encontrados no Polo. Atividades para os pais também acontecem no espaço, que conta com sete salas, tenda na área externa e uma infraestrutura sensacional, que atende de forma muito especial, quem frequenta o local.

Quem ainda não conhece, vale muito a visita e saber mais sobre tudo o que acontece lá. De 2013 até agora, centenas e centenas de vagas foram preenchidas, fazendo a diferença na história da cultura local.

Por enquanto, o Polo atende em turnos na parte da manhã e tarde, mas a intenção é estender a programação para os finais de semana, podendo se tornar mais uma opção de entretenimento.

Para comemorar esta data tão importante, o Polo da Fronteira irá celebrar da melhor forma: oferecendo cultura para toda a cidade. Na próxima sexta-feira(03), uma programação especial estará prontinha para quem curte se divertir aprendendo. No sábado(4) as festividades estarão abertas ao público, com a abertura realizada pela Orquestra da Semed. Logo após este momento, um gostoso café da manhã será oferecido aos participantes. A população irá participar ativamente, levando quitutes deliciosos para este momento de confraternização logo pela manhã. Após esta pausa, a programação seguirá intensa, com palestras sobre reciclagem, apresentações de dança, capoeira, oficinas de dobraduras e turbantes, exposição de artesãs, palestras sobre compostagem e um momento especial, onde um vídeo será apresentado, contando toda a trajetória do Polo. “Eu faço parte da história do Polo mais recentemente, mas por tudo o que já vi e por tudo o que sei, o espaço é uma referência para passar não só informação, mas o que é mais importante, que é trabalhar a cidadania. O Polo não atende somente o bairro da Fronteira, ele presta um serviço de qualidade para a cidade como um todo, já que outros bairros são beneficiados e isso contribui significativamente para o desenvolvimento da cultura em Macaé. Nós também estamos buscando aumentar a nossa programação diária para os finais de semana, para que mais pessoas possam usufruir.” Comenta com muito orgulho, o Coordenador do Polo, Langenbeck Andrade.

Sendo uma vertente da Fundação Macaé de Cultura, o Polo de Cultura da Fronteira é uma das referências da cidade de Macaé e quer continuar a fazer mais, muito mais.

Quem quiser fazer parte desta família incrível, que é o Polo, é necessário levar:cópias da certidão de nascimento, da identidade e CPF do responsável, comprovante de residência, declaração escolar, atestado médico e uma foto 3x4. Para os adultos é preciso cópia da identidade e CPF, cópia do comprovante de residência, atestado médico e uma foto 3x4.

Serviço:

Rua Manuel Marques Monteiro, 724 - Fronteira - Macaé/RJ. 

Telefone (22) 2762-4716.

 

Mariana Abrantes

Mais lidas da semana