Mídias Sociais

Caderno D

Cia Labirinto faz sua estreia com espetáculo infantil nesta quinta-feira, 30, em Rio das Ostras

Avatar

Publicado

em

 

Formada por alunos e ex-alunos de teatro da cidade, Cia apresenta peça com igualdade racial e equidade de gênero como tema

 

Uma nova companhia teatral está nascendo em Rio das Ostras nesta quinta-feira, 30, e em sua estreia dos palcos, a Cia Labirinto de Pesquisa Teatral traz o espetáculo infantil, A Lenda do Cavaleiro Negro, que promete divertir crianças e jovens de todas as idades.

Formada em sua maioria por alunos e ex-alunos do curso técnico de teatro do Centro de Formação Artística em Música, Dança e Teatro, a Cia Labirinto nasceu em janeiro com o objetivo de “não apenas levar as pessoas ao teatro, mas principalmente levar o teatro às pessoas”, colaborando assim com o movimento teatral do município, que vem crescendo e se consolidando nos últimos anos.

Neste espetáculo de estreia, em única apresentação, mas que segundo o grupo, é apenas o começo de uma caminhada, a Cia Labirinto traz um texto criado para ser apresentado originalmente na rua, mas que foi adaptado para os palcos pelo próprio grupo, embora a proposta e a vontade de levar o teatro às pessoas esteja nas palavras de seus integrantes, como a atriz-estudante, Bruna Monteiro.

“A expectativa para a Cia é que possamos realizar esse trabalho mais vezes e outros também. Sempre tentando alcançar as pessoas que têm pouco conhecimento de teatro, indo a hospitais com crianças doentes, orfanatos, comunidades, entre outros lugares. Isso foi uma das coisas que mais me encantou ao entrar para a Cia Labirinto. Que a gente cresça pela nossa arte e união”, de derrete Bruna, de 17 anos, que apesar da pouca idade, já atuou em 2 espetáculos fora da escola.

A proposta do grupo, segundo o ator-estudante, Tunan Teixeira, autor do texto de A Lenda do Cavaleiro Negro, é de que a Cia Labirinto seja uma oportunidade também de devolver à população da cidade um pouco do que eles ganham na Onda.

“Desde que entrei na Onda, em 2011, sempre ouço falar em formação de plateia com o viés de levar às pessoas ao teatro. É claro que isso é importante, mas creio que mais importante ainda é levar o teatro às pessoas. É ir para a rua, para o Âncora, para a Cidade Praiana, para que as pessoas conheçam o teatro, primeiro a arte, depois o prédio”, acredita Tunan.

Ele explica ainda que apesar de assinar a direção, o processo foi coletivo, com a colaboração de todos os integrantes, que tiveram muita liberdade para opinar, trazendo ideias e construindo o processo, dentro da concepção do espetáculo.

O espetáculo A Lenda do Cavaleiro Negro estreia em única apresentação nesta quinta-feira, 30, às 19h, no Teatro Popular de Rio das Ostras, que fica na Avenida Amazonas, sem número, no centro da cidade, e os ingressos começam a ser vendidos na bilheteria do teatro, no dia do espetáculo, a partir das 14h.

Sinopse – A peça conta a história de uma espevitada princesa, Kali, e de um cavaleiro de um reino vizinho, Luther, que se veem lutando contra os destinos que lhes foram impostos pelas antigas leis de sua sociedade, enquanto buscam seus lugares no mundo. E quando Kali acaba vítima de uma maldição familiar, Luther acaba envolvido no meio da confusão.
Firmes em suas convicções de que seus destinos não estão escritos em lugar algum, eles vão enfrentar as leis antiquadas de sua sociedade, pretendentes mal educados, e até uma bruxa, em um final surpreendente, para provar a todos - de todos os reinos, inclusive o nosso, que apenas a eles cabe decidir seus destinos.
Nos moldes das animações mais recentes do cinema, cuja proposta é divertir crianças dos 6 aos 90 anos, A Lenda do Cavaleiro Negro é um espetáculo infantil que, de maneira lúdica e sutil, quebra paradigmas clássicos dos contos de fadas para trazer uma reflexão sobre a sociedade desigual e preconceituosa em que vivemos e a sociedade em que haja igualdade racial e equidade de gênero, pois não importa a cor, seja da pele ou das roupas, nem a posição social de cada, o que importa é a verdade do coração.
Cia Labirinto – Criada em janeiro de 2017, e formada por alunos e ex-alunos de teatro de Rio das Ostras, a Cia Labirinto de Pesquisa Teatral estreia nos palcos da cidade com a proposta de colaborar com o movimento teatral da cidade e da região, bebendo desse furor estudantil de viver e fazer teatro.
Com A Lenda do Cavaleiro, originalmente elaborado para a rua e adaptado para os palcos, a Cia Labirinto espera abrir as portas para um caminho de muita experimentação e pesquisa, que não se encerrará nesta apresentação de estreia, pelo contrário, pretende retornar não apenas aos palcos, como também à origem do espetáculo, que é a rua, espalhando essa reflexão tão em voga no nosso tempo.

 

A LENDA DO CAVALEIRO NEGRO

Local: Teatro Popular de Rio das Ostras.
Data: 30 de março.
Horário: 19h.
Preço: R$ 10 (inteira) e R$ 5 (meia).

FICHA TÉCNICA
Texto: Tunan Teixeira
Direção: Tunan Teixeira
Elenco: Agnes Dyas, Bruna Monteiro, Ellen Campelo, Isabelle Henriques, Jade Mothé, Júlia Antunes, Júnior Rodriguês, Letícia Daugustin, Marina Petersen, Mickaele Muniz, Rafael Amorim, Tunan Teixeira e Victor Hugo Dutra.

Da redação

Clique Diário

E. L. Mídia Editora Ltda
CNPJ: 09.298.880/0001-07
Redação: Avenida Atlântica, 2.500, sala 22 – Cavaleiros – Macaé/RJ

cliquediario@gmail.com
(22) 2765-7353

Mais lidas da semana