Mídias Sociais

Caderno D

Cabo Frio terá “Setembro Verde” com programação cultural voltada para o meio ambiente

Publicado

em

 

Programação conta com a reabertura do Horto Municipal e da Fonte do Itajuru

Thaiany Pieroni

O mês de setembro terá um tom especial em Cabo Frio. Durante o mês, em que se comemora o dia da árvore, a cidade planeja uma programação especial com exposições, lançamentos de livros, plantio de árvores, além da reabertura de espaços importantes para o meio ambiente do município.

A programação começa já no dia primeiro com a abertura da exposição da artista Glaucia Cabral: “Cliks e pedaços: Árvores do meu Jardim”, que acontece às 18h, no Charitas. A mostra ficará no espaço cultural até o dia 02 de outubro, com visitação aberta das 8h às 20h.

Já no dia 06 de setembro, véspera de feriado, acontecerá o lançamento do livro “Parque Estadual dos três Picos: Águas de Cabo Frio”. O livro de autoria do ambientalista Gustavo Pedro será lançado às 15h, no Solar dos Massa, que fica na Rua Major Belegard, no Centro de Cabo Frio.

Para abrilhantar ainda mais o assunto, o espaço também receberá uma exposição fotográfica de mesmo título e mesma autoria. As obras ficarão expostas até o dia 03 de outubro.. Vale lembrar que o Parque dos três Picos fica entre Petrópolis, Teresópolis e Friburgo e que abriga a nascente de toda a água que vai para Juturnaíba que, por sua vez, abastece as cidades da Região dos Lagos, incluindo Cabo Frio.

Reabertura de Espaços

Ainda envolvido em toda essa temática ambiental, a cidade comemora a reabertura de dois importantes espaços do município: O Horto Municipal e a Fonte do Itajuru.

O Horto Municipal, que desde janeiro vem recebendo ações para ser recuperado, já está quase pronto para ser reaberto oficialmente à população. O espaço recebeu obras de melhoria em todas as áreas, desde a recepção até a Casa Central e o galpão.

A reabertura ao público acontece no dia 6 de setembro, a partir das 10h, quando o horto vai receber uma exposição de orquídeas e suculentas, que vai até o domingo, dia 10. A exposição ficará na área do sementeiro. A cerimônia oficial de reinauguração será no Dia da Árvore, 21 de setembro.

“A reinauguração do horto é fundamental para a cidade e para que ele volte a cumprir sua função de abastecer a Prefeitura na reposição e replantio das áreas verdes. E também para que a população utilize aquele espaço da melhor forma possível”, destacou o coordenador de Meio Ambiente, Eduardo Pimenta.

Para o secretário de Desenvolvimento, Cláudio Bastos, a reabertura do espaço pode ser considerada uma vitória para a sociedade de Cabo Frio. “Mesmo com todas as dificuldades econômicas, a Prefeitura conseguiu reservar recursos para a sua recuperação, pois sua função é fundamental para o meio ambiente da nossa cidade", afirmou.

Atualmente, o local abriga cerca de três mil mudas, de aproximadamente 12 mil espécies nativas, que estão disponíveis para doação. Interessados em adquirir as plantas devem procurar o horto de segunda a sexta-feira, das 9h às 12h, e preencher um formulário indicando a quantidade solicitada e locais em que as mudas serão plantadas. São priorizadas as doações para plantio em áreas como praças e logradouros. O Horto Municipal fica na Avenida Henrique Terra, no bairro Portinho.

Além do Horto, mais um ponto turístico de Cabo Frio será reaberto: A Fonte do Itajuru. Nesta última semana, o Parque que abriga a Fonte recebeu os serviços de capina, varrição, poda das árvores, pintura do meio fio, limpeza das lixeiras, revitalização da área verde e retirada do lixo acumulado entre a vegetação. Além disso, a Fonte vai ganhar um jardim temático com plantas endêmicas, como pau-brasil, guapeba, pitangas, aroeira, entre outras.

A expectativa é que tudo esteja pronto nos próximos dias para que no dia 21, Dia da Árvore, aconteça a inauguração da Fonte do Itajuru, a partir das 9h. O projeto Kombination promete animar a entrada do Parque no dia da inauguração, para entreter os visitantes.

Para o secretário de Cultura, Ricardo Machado, a reabertura da Fonte do Itajuru vai abrir uma nova possibilidade de turismo, além de recuperar parte da história de Cabo Frio.

“Não temos dúvidas que a Fonte é um dos marcos mais importantes da nossa cidade e a reabertura vai reavivar a história desta que é a sétima cidade mais antiga do Brasil. E isso vai proporcionar mais uma bela opção para os turistas, de conhecer o local que abastecia a cidade na colonização”, destacou.

Atividades ambientais

O calendário ainda conta com ações em prol do meio ambiente. No dia 2, a partir das 9h, acontece o plantio de Ipomoea na Praia do Peró. A ação é uma atividade, que faz parte do projeto para conquistar o selo “Bandeira Azul”. A Ipomoea tem a função de fixar a areia e evitar que a mesma chegue ao calçadão. A planta, também conhecida como jiboia, é de fundamental importância para a vegetação de restinga.

Já no dia 15, a Coordenadoria de Meio Ambiente participa do ‘Dia Mundial de Limpeza de Praias’, o ‘Clean Up the World’, programa de abrangência internacional, reconhecido pela ONU. O evento deste ano acontece em parceria com a Apae e vai promover o recolhimento do micro lixo na Praia do Forte. A concentração acontece às 9h, no Canto do Forte.

 

 

Crédito: Divulgação

 

 

Mais lidas da semana