Mídias Sociais

Caderno D

Atores de “Os Salafrários” gravam cenas em Cabo Frio

Avatar

Publicado

em

 

Marcus Majella, que é cabo-friense,  e Samantha Schmütz” , de Niterói, integram o elenco, estiveram na cidade no último final de semana

Daniela Bairros

Os atores Marcus Majella e Samantha Scmutz, que integram o elenco de “Os Salafrários”, estiveram em Cabo Frio no último final de semana, quando gravaram cenas para o metragem, que deve estrear nos cinemas até abril de 2018. As gravações na Região dos Lagos devem continuar até o dia 25 de setembro.

Marcus Majella é cabo-friense e Samantha, de Niterói, compõem também o elenco do Programa “Vai que Cola”, exibido pelo canal Multishow.

No sábado (16), a equipe gravou no Largo São Benedito, na Passagem, que nesta última semana também serviu de cenário para equipe da Novela “A Força do Querer”, da autora Glória Perez.

No último domingo (17), as gravações aconteceram na Praia da Rasa, na parte que pertence a Cabo Frio. Cerca de 80 pessoas participaram das tomadas

Cabo Frio é cenário de produções desde 1966

Quando ainda a televisão era preto e branco, Cabo Frio já era cenário para o gênero que deslumbraria o Brasil, com a telenovela “O Sheik de Agadir”, de 1966. Foi a primeira novela a usar a cidade da Região dos Lagos como cenário. As cenas foram gravadas nas dunas, que na trama, se transformavam no deserto do Saara. Desde então, o município cabista é o local escolhido para muitas produções.

Na década de 80 foi a vez de as dunas servirem de cenário para o episódio “Alí Babá, Emília e os 40 Ladrões”, do infantil Sítio do Pica-Pau Amarelo e em 2004 para a novela “Da Cor do Pecado”. A Praia das Conchas também foi o fundo para importantes sequências da novela “Porto dos Milagres”.

O Forte São Mateus foi usado na superprodução da minissérie “A Casa das Sete Mulheres”, nos anos 2000. A fortaleza serviu de fundo para a cena de uma batalha de retomada do Forte. A cidade também foi cenário para a produção cinematográfica nacional, entre eles, o emblemático “Os Cafajestes”, de Ruy Guerra, que inaugurou o Cinema Novo.

 

Crédito: Ascom Cabo Frio

 

Mais lidas da semana