Mídias Sociais

Caderno D

AME André – Campanha virtual para custear tratamento mobiliza internautas

Avatar

Publicado

em

 

Contribuição de anônimos vence desconfiança e renova esperança dos pais do pequeno André

 

 

 

Uma corrente de amor e solidariedade vem tomando conta de Macaé e com apoio da população se expandindo pelo país afora. Trata-se da AME André, um movimento de várias frentes unidas por um único objetivo: ajudar a custear o tratamento que pode garantir mais tempo de vida à André Arndt de Godoi, de apenas 7 meses. O pequeno André sofre de uma doença rara chamada AME, que afeta os neurônios motores, fazendo com que os músculos enfraqueçam e percam os movimentos. Um dos problemas mais graves é atrofia dos músculos da respiração que são vitais. Para isso, o pequeno utiliza um respirador artificial e se alimenta por sonda.

O tratamento de André custa três milhões de reais no primeiro ano. Para pagar o seu recurso terapêutico, a mãe dele, Juliane Godoi, criou um site para angariar doações. A campanha foi criada no dia 13 de março e em uma semana já foram arrecadados pouco mais de R$ 251 mil. “Ainda é pouco para conseguirmos realizar o tratamento, mas é mais do que esperávamos. Não pensávamos que iria repercutir dessa forma. Estamos muito felizes e gratos pelo apoio da população de Macaé. A campanha já está tendo resultados em outros estados e países. Contamos com o apoio de todos para chegarmos a nossa meta”, declarou Juliane, que hoje conta com a ajuda da irmã para organizar as doações. “Muitas pessoas me ligam querendo ajudar. São ofertas de rifas, bazares, almoços, entre outros. Para assimilar isso tudo, pedi ajuda a minha irmã, pois como preciso cuidar do André, acabo não tenho muito tempo. É ela que gerencia as ligações, o site e as redes sociais”, ressaltou a mãe do pequeno.

 

Em pouco tempo, a campanha AME André já possui 15 mil seguidores no Instagram e mais de 8 mil no Facebook. São desconhecidos, unidos pela causa. É a solidariedade, turbinada pelas mais modernas ferramentas e redes de comunicação on-line. São inúmeras as frentes pelo bebê na internet, com doações normalmente depositadas diretamente na conta bancária do pai do André ou por um site especializado em “vaquinhas”. Por trás dessas ajudas estão pessoas como a esteticista Twany Cantalice. Após ver a campanha em uma rede social, ela decidiu doar o que podia: seu trabalho. “Eu vi muitas pessoas compartilhando sobre o caso, só que de inicio não tinha noção da dimensão. Gostei da causa porque é uma forma de ajudar com meu trabalho, que mesmo na crise, sempre apresenta uma boa demanda. A partir daí, tive a ideia de dar cupons de vales sobrancelhas com o valor de R$ 12,00 para juntar e entregar à família”, explica.

Diagnóstico

André nasceu em Macaé, no dia 30 de julho de 2016. A princípio ele aparentava ser um bebê saudável, mas com o passar do tempo os pais perceberam que seus movimentos não acompanhavam o desenvolvimento de recém-nascidos normais. Aos três meses de vida os pais decidiram procurar uma neuropediatra e através de inúmeros exames a doença foi diagnosticada. André está internado há pouco mais de dois meses no Hospital da Unimed, em Macaé, e tem poucos movimentos, pois sofreu uma parada cardiorrespiratória aos 5 meses e já fez duas cirurgias (traqueostomia e gastrostomia). A medicina deu a André expectativa de vida de dois há três anos.

A doença AME não tem cura. No entanto, uma esperança chegou para animar a família do pequeno André. O laboratório americano Biogen descobriu um medicamento para tratamento da AME, e o nomearam SPINRAZA (Nusinersen). No Brasil esta medicação ainda não chegou, o que dificulta o tratamento de bebês brasileiros. Infelizmente é de altíssimo custo (cerca de 3 milhões de reais) a ser importada para aplicação no Brasil.

  • Depósito em Conta Poupança: Banco do Brasil
    Agência: 4342-7
    Conta Poupança: 12530-X
    Variação: 51
    CPF: 194.263.047-62
    Beneficiário: André Arndt de Godoi
  • Depósito em Conta Poupança: Banco Santander
    AG: 0943
    Poupança: 600043650
    CPF: 194.263.047-62
    Beneficiário: André Arndt de Godoi
  • Doação através da plataforma Vakinha:(Obs: se possível, realize doações através de depósitos bancários diretos, pois o Vakinha nos cobra taxa sobre o valor recebido. Caso contrário, use a plataforma: https://www.vakinha.com.br/vaquinha/ame-andre

Bertha Muniz

 

 

Mais lidas da semana