Mídias Sociais

Artigos

Seis novas tendências de trabalho

Avatar

Publicado

em

 

O expediente tradicional, ou seja, aquelas 8 hs trabalhadas (no mínimo) com seu chefe acompanhando todos os seus passos e relatórios no escritório, caminha para extinção.

No seu lugar ganham força, novas modalidades de trabalho e gestão, em que autonomia é a regra de ouro.

Explicando as tendências, “bora lá” !!!

1.Homeoffice/coworking - Funcionários móveis, sua produtividade é gerenciada através do trabalho remoto.
A liberdade de escolher onde, como e em que horário trabalhar, dá o tom no futuro próximo nas empresas.

2.Flexibilidade - Jornadas diferenciadas e contratos flexíveis.

Exemplos de contratos legais 🙁 Intermitente/ PJ /MEI/ Autônomos)

Intermitente - a reforma trabalhista regulamentou para formalizar os trabalhos informais, os chamados “bicos”. A prestação de serviço não é contínua, ocorrendo alternância nos períodos, podendo ser por algumas horas dias ou meses.

PJ - Pessoa jurídica. São profissionais que abrem uma empresa, CNPJ, para executar algum tipo de atividade específica.

O regime de trabalho PJ (Pessoa Jurídica) designa um profissional que tem uma empresa registrada e suporta todos os encargos para execução de um serviço. Esse profissional presta serviços em várias empresas e não tem vínculo empregatício porque é contratado para fazer um trabalho específico, com cronograma para iniciar e terminar. É da sua responsabilidade a emissão de nota fiscal pelo serviço efetuado

MEI- Microempreendedor individual.

Foi criado para que pessoas físicas, trabalhadores informais, fossem legalizados, com uma carga tributária reduzida. Pessoas que trabalham por conta própria e se legalizam como microempresários.

Não são todas as atividades econômicas que qualificam um empresário para ser microempreendedor individual (MEI). Algumas profissões não podem ser enquadradas neste tipo de empresa e é preciso saber quais são antes de fazer a sua formalização.

Autônomos - pessoas físicas, que executam determinada atividade, sem vínculo empregatício com independência financeira e sem subordinação a ninguém.

Job sharing -Compartilhamento de cargo.
Modalidade de trabalho onde uma rende a outra não tendo a necessidade de estarem juntas, dividindo entre si, a carga horária do mesmo cargo.

O mundo caminha para que as estruturas sejam menos hierarquizadas e mais colaborativas.

3.Novas tecnologias

A tecnologia como aliada.

Investimentos em treinamentos para explorar equipamentos evitando resistência humana e contribuindo para visão estratégica do negócio.

A automação já é uma realidade e cada vez mais profissionais capazes de atuar com novas ferramentas, estarão em evidência.

4.Soft skill - criatividade e habilidade

Termo utilizado por profissionais de rh definem para definição das competências comportamentais ou atributos pessoais para ser bem sucedido.

Sua criatividade e ter idéias não torna ninguém genial ou bem sucedido, todos nós temos a capacidade de gerar uma enorme quantidade de novas idéias.

A diferença no resultado está no que você vai fazer com sua criação.

5.Bring your own device -Trabalhe com seus equipamentos de casa.

No futuro, cada vez mais o profissional vai querer produzir com seu equipamento e celular de última geração e será necessário a empresa se resguardar quanto à segurança da informação, desenvolvendo um compliance na área de Ti (tecnologia da informação).

6.Mindfullness - Inteligência emocional e foco no presente trarão um diferencial para os profissionais com essa habilidade apurada.

As relações trabalhistas e a forma de trabalho ditarão a dinâmica da produtividade no cenário corporativo e impactarão significativamente no mercado de trabalho futuro.

Além do que os avanços científicos e tecnológicos não param por aqui e devem mudar o perfil das profissões no futuro.

Faça um teste... pergunta para crianças hoje, qual a profissão que ela deseja exercer?! Não se espante, se tiver como resposta, as profissões atuais, nada convencionais e contemporâneas: digital influencer, programador de games, maquiadora, professor digital, youtuber, designer...

Tamanha evolução já é uma resposta das tendências atuais, espera-se que 70% das crianças hoje em dia trabalharão em profissões que ainda não existem.
Siga-nos também nas redes sociais e fique por dentro de todas as nossas novidades e informações!
https://instagram.com/dphumanos?igshid=dwdssww25gwc

Karinne Pierre
CEO dphumanos
Técnóloga em RH

Mais lidas da semana