Mídias Sociais

Artigos

O novo profissional de TI: funções e habilidades exigidas pelo mercado!

Publicado

em

 

Por Bruno Azevedo

O avanço da tecnologia valorizou e aumentou a responsabilidade do profissional de TI. Hoje ele é o responsável por gerenciar as informações em uma organização, criando e distribuindo-as em redes de computadores, além de lidar com processamento de dados, engenharia de software, informática, hardwares e softwares, mas não apenas isso.

Se há alguns anos este profissional tomasse atitudes apenas para resolver problemas técnicos, ok! Hoje, porém, isso não é mais suficiente devido à evolução do mercado e do papel do profissional, que tem poder para impactar diretamente as estratégias competitivas da empresa.

Os profissionais da área se relacionam com diversos setores da organização e devem estar aptos para dar orientações acerca do uso de softwares e implantação e administração de sistemas, com o objetivo de impulsionar as atividades de todos os envolvidos.

Por essa razão, o perfil do profissional de TI precisa agregar, além dos aspectos específicos da área, conhecimentos sobre: ambiente, gestão, estratégia, processos e cultura organizacionais. Um enorme desafio que exige cada vez mais de quem atua na área.

Por tudo isso, relacionei algumas das características que o profissional de TI precisa ter como diferencial se quiser sobreviver e crescer neste competitivo mercado:

* Ter visão de negócios que beneficia tomadas de decisões assertivas e auxilia no desenvolvimento de estratégias e direcionamento de ações com foco em atingir os objetivos da empresa;

* Capacidade de enxergar o todo a partir das partes para garantir o desenvolvimento de softwares e soluções eficientes de verdade;

* Ser criativo! Empresas enfrentam ambientes incertos e complexos. Contar com profissionais criativos é uma arma valiosa para que elas sejam capazes de se adaptar às mudanças e reagir da melhor forma;
* Senso de trabalho em equipe. Aqueles que têm tato para a gestão de projetos assumem a liderança e destacam-se dos demais;

* Dominar o inglês é fundamental para o profissional que quer se especializar fora do país, atuar em multinacionais e crescer na carreira.

 

Agora você pode estar se perguntando: ‘Se reúno todas essas qualidades, em quais áreas posso atuar?”. Abaixo, cito alguns dos setores que tem urgência e alta demanda por profissionais com as características que mencionei acima:

 

* Segurança de informação, ainda mais em alta com a nova Lei Geral da Proteção de Dados (LGPD);* Administração de redes;
* Desenvolvimento de softwares;
* Qualidade de softwares;
* Administração de bancos de dados;
* Especialista em Cloud;
* Suporte técnico;
* Programação.

Tornar-se um profissional de TI exige algumas habilidades que você pode desenvolver desde já, seja ainda no ensino médio, seja enquanto cursa a faculdade. Dessa maneira, será possível se tornar um especialista disputado nesse mercado em expansão. E aí, deixo a pergunta: quando você vai arregaçar as mangas e encarar tudo o que vem pela frente nesta carreira promissora e valorizada?

+ Bruno Azevedo é Bacharel em Análise de Sistemas com Pós-Graduação em Administração de Empresas pela FGV e Tecnólogo em Comunicação para Web.

Mais lidas da semana