Mídias Sociais

Artigos

Invisibilidade Social e as cotas nas empresas

Avatar

Publicado

em

 

Mais do que cumprir leis, boas práticas com pessoas com deficiências e na inserção do jovem aprendiz nas empresas, vem da receptividade e contribuição dos colaboradores, para que o objetivo de transformar vidas e profissionalizar pessoas, seja um diferencial para o mercado de trabalho e na vida , ao formá-las e inserí-las no mundo corporativo.

Além da legislação própria, é necessário engajamento nas empresas, pois não há no mundo, carreira que se sustente, sem humanização, para que não haja subaproveitamento desse colaborador, nem frustração, nesse processo de inclusão.

No mundo ideal, as empresas são reflexo da sociedade da qual fazem parte.Nesse aspecto, há muito que se melhorar.

Não se trata apenas de promover a justiça social. Vários estudos mostram que as empresas que valorizam a diversidade em seu quadro de funcionários, tendem a ser mais criativos, inovadoras e rentáveis e como consequência mais oportunidade a todos.

É chegada a hora do protagonismo dos gestores empresariais revelarem sua vital importância para sociedade.Ir além das pautas corporativas....

Por fim, a missão da empresa, deve ter isto como cultura, para que tenha colaboradores comprometidos e engajados na mesma causa.

Karinne Pierre
CEO dphumanos
Técnóloga em RH

Mais lidas da semana