Mídias Sociais

Sem categoria

Suspeitos de integrar quadrilha de tráfico são presos em Rio das Ostras

Avatar

Publicado

em

 

 

Uma adolescente de 14 anos foi apreendida com o bando. PM apreendeu 1.386 pinos de cocaína e R$ 40,00 em espécie

Bertha Muniz

Quatro pessoas foram presas e uma menor apreendida na tarde de quinta-feira (15), em Rio das Ostras. De acordo com a Polícia Militar, com eles foram encontrados 1.386 pinos de cocaína, pouco mais de 3kg, e R$ 40,00 em espécie. A quadrilha foi detida durante uma operação deflagrada pelo Grupamento de Ações Táticas da Polícia Militar (GAT), para desarticular o grupo que atua com o tráfico de drogas na cidade. Os suspeitos atuavam em vários pontos do município. A carga de cocaína estava dividida entre a quadrilha.

O flagrante ocorreu no bairro Palmital. Foi lá que a polícia abordou Issac Florêncio Pereira Dias, 26 anos. Ao ser questionado sobre a quadrilha, ele entregou um pino de cocaína e R$40, ourindos da venda de drogas e informou que o restante material entorpecente estaria guardado na casa de Thamires Coelho de Oliveira, 18 anos. Na casa da jovem, a polícia arrecadou no quintal próximo a uma bananeira 188 pinos de cocaína de R$20,00 e 58 pinos de cocaína de R$ 50,00.

No imóvel estava uma adolescente de 14 anos que foi apreendida pela PM. Ela informou à polícia que receberia uma carga de uma mulher na ponte de Unamar. As equipes do GAT foram imediatamente até a ponte e abordaram a suspeita, identificada como Juliana Alves Faria, 38 anos, em um ponto de ônibus. Na mochila que Juliana carregava, os militares encontraram 1.140 pinos de cocaína de R$ 15,00. Durante o flagrante, a suspeita informou que o material que ela entregaria a adolescente seria de um homem chamado Wesley, conhecido como “WL”.

Os suspeitos foram conduzidos até a 128ª Delegacia Policial de Rio das Ostras (128ª DP), onde foram autuados nos artigos 33 e 35 CP, e 244 do Estatuto da Criança e do Adolescente. Os maiores de idade ficaram presos na carceragem da delegacia, aguardando transferência para o sistema prisional. Já a adolescente ficou detida e será apresentada ao Ministério Público na presença de um responsável.

 

 

Mais lidas da semana