Mídias Sociais

Destaque

Ônibus Lilás do ‘Programa Mulher Viver sem Violência’ atua em Macaé

Publicado

em

 

Com o objetivo de prestar atendimento a mulheres em situação de violência, fomentar políticas públicas específicas voltadas para este público e fazer um mapeamento da região em relação ao índice de violência contra as mulheres, o Ônibus Lilás, esteve estacionado na Praça Veríssimo de Melo, nesta segunda-feira (9), das 10h às 15h.

Durante sua estadia, o Ônibus Lilás do ‘Programa Mulher Viver sem Violência’, do governo federal, levou conhecimento, informação para combater a violência contra a mulher. Em Macaé, a Unidade Móvel contou com a parceria do Estado do Rio, que proporcionou o ônibus com salas de atendimento de assistência social e jurídico, para acolher a mulher e orientar acerca dos seus direitos.

O secretário de Desenvolvimento Social Direitos Humanos e Acessibilidade, Mauro Torres, prestigiou o evento e comentou sobre o programa.

- Esse é um programa que integra todos os serviços públicos de segurança, justiça, saúde, assistência social, acolhimento, abrigamento e orientação para o emprego e renda, com o fim de oferecer todos os serviços à mulher, sem que ela precise peregrinar atrás de cada um deles. Os gestores públicos também têm que ficar em alerta com o aumento dos casos de violência contra a mulher para adequarem as políticas públicas de proteção e defesa -, pontuou.

A coordenadora do Centro Especializado de Atendimento à Mulher (Ceam), um equipamento da secretaria de Desenvolvimento Social, Jane Roriz, explicou que em Macaé, o programa fez parte da programação da Blitz Agosto Lilás, com atendimento jurídico, aconselhamentos e até mesmo encaminhamentos para atendimentos ginecológicos e odontológicos oferecidos durante o dia.

- Enquanto município, a gente contou com a parceria da secretaria de Saúde, através do Programa de Atenção Integral à Saúde da Mulher, Saúde do Trabalhador, Casa da Convivência e coordenação de Enfermagem, com a ideia de oferecer, por exemplo, marcação de exame para preventivo. Observamos que as mulheres estavam tendo um pouco de dificuldade e conseguimos 50 vagas, além do trabalho da coordenadoria de Odontologia, em fazer todo esse olhar do cuidado bucal -, disse.

Outros parceiros - A Fundação Leão XIII é outra parceira do Estado, que irá oferecer às mulheres - extensivo aos filhos - gratuidade para emissão de documentos (certidão de nascimento, carteira de identidade, certidão de casamento, óbito, entre outros), assim como, orientações sobre demais serviços prestados pela unidade. A Blitz Lilás de Macaé contou ainda com o apoio da Patrulha Maria da Penha, do 32º Batalhão da PM, da Guarda Municipal, da secretaria de Mobilidade Urbana, do Corpo de Bombeiros e da Polícia Civil.

Mais lidas da semana