Mídias Sociais

Destaque

Autoescolas de Cabo Frio protestam por maior flexibilização e retomada de agendamentos no Detran

Bertha Muniz

Publicado

em

 

Proprietários de autoescolas de Cabo Frio realizaram uma carreata na manhã desta terça-feira (15), protestando contra a dificuldade no agendamento de serviços relacionados à carteira de habilitação (CNH), junto ao Detran.

Carros e motos se reuniram por volta das 10h na área de aulas e provas práticas, que fica atrás do Supermercado Assaí, depois seguiram ao posto do Detran, na avenida Teixeira e Souza, finalizando o protesto na sede da InterTV.

Participaram do ato, autoescolas de toda a Região dos Lagos e algumas da capital. Além da demora no agendamento das provas e da entrada em novos processos, profissionais do ramo pediram por uma flexibilização mais ampla na área.

“Estamos passando por um momento muito delicado. Como muitas empresas, o ramo de autoescola também esta quebrando. Pedimos que as autoridades nos ajude, nossa classe está ficando doente” pediu Raphael Salvador, um dos empresários do ramo.

Por conta da pandemia do Coronavírus, o setor está impossibilitado de trabalhar porque os processos dependem diretamente dos serviços prestados pelo Detran. Sem agendamento, as autoescolas não conseguem cumprir os passos para a renovação de CNH, reciclagem de motoristas, primeira habilitação, adição ou mudança de categoria na CNH, nem marcar provas teóricas e práticas.

 

O Detran afirmou em nota que os serviços serão retomados a partir de outubro. Confira na íntegra:

 

"Os serviços de habilitação serão retomados na Região dos Lagos na próxima fase de retorno gradual do serviços que inicia já no próximo mês (outubro). O Detran.RJ vem retomando suas atividades com planejamento e cautela para garantir a segurança de funcionários e usuários e, a cada semana, aumenta o número de postos e de vagas com total controle e responsabilidade. Lembramos que a Deliberação 185 do Conselho Nacional de Trânsito (Contran) prorrogou de 12 para 18 meses o prazo dos processos de primeira habilitação. Ou seja, quem deu entrada no processo para primeira habilitação a partir de 21 de março de 2019 terá mais seis meses de prazo. Lembramos ainda que, de acordo com a mesma deliberação, CNH vencida depois do dia 19 de fevereiro continua válida, podendo ser apresentada em qualquer operação de fiscalização".

Mais lidas da semana