Mídias Sociais

Destaque

Apontado como integrante de fraude em mercado em Cabo Frio é preso por estelionato e formação de quadrilha

Bertha Muniz

Publicado

em

 

Policiais da 126ª Delegacia Policial prenderam, nesta terca-feira (15), um homem acusado de crimes de estelionato e formação de quadrilha. Contra ele havia um mandado de prisão, expedido pela 1ª Vara Criminal da Comarca de Cabo Frio. De acordo com as informações, o acusado foi denunciado por integrar associação criminosa que fraudou fornecedores do ramo supermercadista entre fevereiro e agosto de 2019 no município.

O preso era apontado como gerente da rede de mercados Mineirão, cujo proprietário colocou suas empresas em nome de "laranjas", pois teve falência decretada pela justiça de Minas Gerais e não poderia ter nada em seu nome, ou seria penhorado. Relembre o caso.

O preso e o dono do estabelecimento se associaram para abrir outras empresas em nome do primeiro e convenceram os fornecedores a vender à prazo para as empresas recém constituídas.

Os estabelecimentos ficaram abertos por pouco tempo, apenas para abastecer o estoque,  tendo sido fechados "da noite para o dia", deixando os funcionários e fornecedores surpresos.

A mercadoria foi desviada para os mercados da rede Mineirão, com prejuízo aos fornecedores que não foram pagos, sendo lesados em mais de R$ 1 milhão de reais. O acusado chegou a tentar se mudar para a Itália, mas os planos não deram certo, passando a residir em Campos dos Goytacazes, onde abriu outros dois estabelecimentos.

 

Mais lidas da semana