Mídias Sociais

Saúde

Cabo Frio continua alertando pais para a importância da vacinação contra pólio e sarampo

Thaiany Pieroni

Publicado

em

 

O município de Cabo Frio continua alertando pais e responsáveis sobre a importância da vacinação contra a Poliomielite e o Sarampo. Após o Dia D, realizado no último sábado, 18, o município continua com índices de vacinação abaixo do esperado.

De acordo com a coordenadoria de Vigilância Epidemiológica, no último sábado pouco mais de três mil vacinas foram aplicadas em crianças com idade entre 1 e 4 anos. Deste total, 1.591 doses foram contra a pólio e 1.586 contra o sarampo. Lembrando que a meta do Ministério da Saúde para o município é imunizar 10.662 meninas e meninos até o final da campanha, no dia 31 deste mês. No entanto, do início da ação até o momento, o total geral é de 7.608 doses aplicadas em ambas patologias, sendo 3.778 contra a pólio (35,43%) e 3.830 contra o sarampo (35,92%).

A Coordenação Nacional alerta para que pais e responsáveis não deixem de vacinar as crianças, já que a única forma de proteção é a vacina: a poliomielite deixa sequelas que podem impactar para sempre na vida das crianças, e o sarampo pode matar. Vale destacar que Cabo Frio não apresenta nenhum caso de ambas as doenças há 20 anos, e que os que surgiram no país, que também não registrava ocorrências desde 1990 e 2016, respectivamente, se devem à baixa cobertura vacinal. “Vacinar as crianças é obrigação de pais e responsáveis”, alerta a médica Lucy Pires, da Vigilância Epidemiológica do município.

Nesta semana, a Campanha continua normalmente na cidade, nos 17 polos, que funcionarão das 8h às 17h: Centro de Saúde Oswaldo Cruz (CSOC); os Esf’s Manoel Corrêa, Jardim Caiçara, Itajuru, Jacaré, Tangará, Boca do Mato, Maria Joaquina, Samburá, Monte Alegre e Peró; UBS da Praia do Siqueira; Hospital do Jardim; PS de Unamar; PAM de Santo Antônio, Esf Florestinha e Angelim.


 

Mais lidas do mês