Mídias Sociais

Destaque

Vereador Robson Oliveira protocola pedido de CPI da Cedae em Macaé

Bertha Muniz

Publicado

em

 

Com o intuito de fazer um levantamento sobre os serviços prestados pela Cedae ao município Macaé, o vereador Robson Oliveira (PSDB), deu entrada em uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) na Câmara Municipal. O tucano solicita a aprovação de uma sessão ordinária para a instalação de CPI composta por cinco membros, para que em 120 dias, possam investigar e apurar irregularidades no abastecimento de água em todo o município. O requerimento foi enviado à Mesa Diretora da Câmara nesta sexta-feira (8).

Segundo o vereador, a Cedae se exime de respostas que expliquem o problema crônico de desabastecimento de água em Macaé. Informações apuradas pela equipe do parlamentar dão conta de que bombas de captação d’água estão sucateadas, sem manutenção adequada.
“O desabastecimento de água virou uma rotina inaceitável em nossa cidade. A Cedae não consegue atender com excelência a nossa região”, diz Robson em requerimento.

Segundo denúncias recebidas pelo vereador-autor do requerimento, consumidores de certos bairros de Macaé, como por exemplo, Parque Aeroporto, experimentam o dissabor da falta d’água (total ou parcial) desde maio de 2018. “Moradores das ruas 18 e 19 do bairro citado se reuniram em abaixo-assinado para reivindicar a normalização do abastecimento de água no local”, afirma.
No dia 11 de janeiro deste ano, o parlamentar, enviou um solicitando explicações em dez dias. Mas, passado quase um mês do protocolo do ofício, a Cedae não se pronunciou oficialmente sobre o caso.

Ainda de acordo com o parlamentar, desde o encaminhamento do ofício, a situação de abastecimento hídrico em Macaé piorou e a falta d’água fora sentida pelos consumidores de todos os bairros da cidade. No documento o vereador ainda denuncia que o Centro de Captação de Água da Severina, encontra-se em estado precário de conservação.

Mais lidas da semana