Mídias Sociais

Política

TRF2 sentencia Anthony Garotinho a 2 anos e 8 meses de prisão por calúnia

Publicado

em

Ex-governador do Rio teria usado seu blog para acusar juiz federal de corrupção e prevaricação

O Tribunal Regional Federal da 2ª Região (TRF2), no Rio de Janeiro, manteve, em dezembro do ano passado, a decisão que condenou o ex-governador do estado do Rio, Anthony Garotinho, por calúnia contra um juiz federal.

Segundo informou a GloboNews, o advogado do ex-governador, Carlos Azeredo, declarou que irá recorrer da decisão judicial que sentencia Garotinho a 2 anos e 8 meses de cadeia por uma publicação no blog dele.

No site, Garotinho escreveu, em novembro de 2011, e em fevereiro de 2012, que o juiz federal Marcelo Leonardo Tavares cometeu corrupção e prevaricação ao ditar uma sentença de processo contra ele.

A pena de prisão foi convertida ao pagamento de mais de 200 salários mínimos e prestação de serviços, e o Ministério Público Federal (MPF) reiterou que a condenação não torna Garotinho inelegível.

 

Tunan Teixeira

Foto: Reprodução

Mais lidas do mês