Mídias Sociais

Destaque

Servidores de Cabo Frio chegam a um acordo com o governo sobre salários atrasados

Publicado

em

 

Categoria votou a nova proposta em assembleia

Os servidores de Cabo Frio chegaram a um acordo junto ao governo com relação ao pagamento dos salários atrasados, deixados pela antiga administração municipal. A nova proposta foi analisada e votada na noite desta quarta-feira, 21.

A proposta aprovada por unanimidade define que será pago os 50% de novembro restantes de novembro até sexta-feira, 24. O governo irá quitar essa parcela com recursos do Fundo de Participação dos Municípios, assim que a verba do FPM for liberada.

Já o restante (dez/2016 + 13° de 2016 + resíduo do 13° de 2015) será pago em sete parcelas. Sendo seis (de julho a dezembro) de 10% e uma (janeiro) de 40%. Sempre junto com a remuneração do mês, no 5° dia útil.

O prefeito, Marquinho Mendes, considerou de grande importância esse acordo entre o governo e a categoria. "Estamos sensíveis à situação dos servidores e, exatamente por isso, negociamos exaustivamente este acordo. Precisamos colocar esse teto de R$ 1 milhão a mais na folha de pagamento até dezembro, para não comprometer os pagamentos deste ano. Da mesma forma, não temos como deixar de pagar a maior parte em janeiro, que é quando a Prefeitura tem uma arrecadação maior. Este é um acordo que não compromete tanto as finanças do município e dá segurança aos servidores", explicou o prefeito Marquinho Mendes.

Vale lembrar que a proposta não vale para os funcionários da Educação, já que o setor dispõe de recursos próprios do Fundeb e está com os pagamentos mais avançados que as demais categorias. A negociação também não interfere nos salários deste ano, que continuarão a ser pagos normalmente.

 

Mais lidas da semana