Mídias Sociais

Política

Macaé se torna a 4ª cidade do Estado com maior saldo de empregos em novembro de 2020 e aponta recuperação em 2021

Avatar

Publicado

em

 

Um levantamento feito pela Federação das Indústrias do Estado do Rio (Firjan) e divulgado nesta segunda-feira, 4, por meio da plataforma Retratos Regionais, apontou que a cidade de Macaé foi que apresentou o melhor saldo de recuperação de empregos perdidos entre as cidades do interior do Estado.

Os dados são referentes ao último mês de novembro de 2020, e demonstra o saldo apresentado por Macaé foi de 1.745 novos empregos, atrás apenas da capital fluminense, que teve 16.226 novos empregos, e das cidades de Duque de Caxias e Niterói, que tiveram, respectivamente, 2.638 e 1.756 novos empregos em novembro.

De acordo com a Firjan, o mês de novembro foi o 3º mês consecutivo de saldos positivos de emprego em Macaé, sendo o penúltimo mês de ano o melhor de 2020, superando inclusive as contratações nos meses anteriores à pandemia do coronavírus, que chegou à cidade em março.

Em novembro, a indústria foi o 2º grande setor que mais puxou as contratações, atrás apenas de serviços. E entre as atividades que mais geraram empregos estavam os serviços de engenharia, com 317 novas vagas; montagem e instalações industriais, com 167 novos empregos; e transporte de carga, com 163 novas vagas.

“A forte retomada na cidade tem a indústria como uma das principais protagonistas, o que reafirma a importância do município na cadeia produtiva de toda a região. Dessa forma, encaramos com esperança renovada os desafios que podem perdurar ainda nos primeiros meses de 2021”, disse o presidente da Firjan Norte Fluminense, Francisco Roberto de Siqueira.

Ainda conforme os dados apresentados pela Firjan, todas as regiões do Estado tiveram saldo positivo de contratações em novembro do ano passado, quando considerados todos os setores econômicos.

Em todo o Estado, a indústria fluminense recuperou, de julho a novembro, 51,3% dos postos de trabalho perdidos entre março e junho, durante a chamada 1ª onda da pandemia do coronavírus.

Em novembro de 2020, o Estado registrou o 4º mês consecutivo de geração de novos postos de trabalho formais, com 32.673 novos empregos, ultrapassando o resultado acumulado em outubro, que foi de 16.089, de setembro, quando o Estado registrou 9.449 novos empregos, e agosto, com 5.230 novos postos de trabalho.

A plataforma Retratos Regionais tem como base o saldo de empregos formais disponibilizados no Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), do Ministério da Economia.

A ferramenta possui ainda 2 painéis, um setorial, onde são disponibilizados dados específicos dos setores industriais, e um regional, que também permite a busca por município, e apresenta o cenário geral de empregos, incluindo todos os grandes setores.

Mais lidas da semana