Mídias Sociais

Cidades

Eleitores de Rio das Ostras contam com ônibus gratuito para fazer cadastramento biométrico

Avatar

Publicado

em

 

Transporte estará à disposição para eleitores que utilizam atendimento na Vila Olímpica

Desde o dia 31 de outubro, os eleitores de Rio das Ostras têm à disposição um ônibus gratuito para realizar o cadastramento biométrico obrigatório da Justiça Eleitoral. O serviço serve para quem precisar fazer o cadastramento no posto de atendimento da Vila Olímpica, local mais afastado da região central da cidade.

Os 2 ônibus com identificação do Tribunal Regional Eleitoral do Estado do Rio (TRE-RJ) circularão de hora em hora, de segunda a sábado, das 9h50 às 18h50, partindo do posto da Polícia Rodoviária Militar, no bairro Jardim Miramar.

Os eleitores poderão utilizar o transporte em pontos regulares de ônibus ao longo da Rodovia Amaral Peixoto, e apesar de não ser dito pelo TRE-RJ, a medida visa facilitar o acesso ao "distante" posto de atendimento, já que os números de eleitores cadastrados ainda é considerado baixo pela Justiça Eleitoral.

“Agradecemos o apoio da empresa Macaense, que cedeu os dois ônibus à Justiça Eleitoral para o serviço de transporte gratuito ao eleitorado, o que contribuirá bastante para o êxito da biometria no município”, destacou o chefe do cartório da 184ª Zona Eleitoral, Marcos Lázaro da Silva.

No município, são dois os postos de atendimento para os eleitores realizarem o cadastramento biométrico. Além do posto da Vila Olímpica, localizado na rua Irmã Faustina, s/n, no bairro Village, os eleitores também podem utilizar o cartório eleitoral do município, que fica na Avenida Guanabara, 3.837, no Bosque da Praia.

Segundo o TRE-RJ, o atendimento funciona de segunda a sexta-feira, das 10h às 18h, e aos sábados, das 10h às 16h, até o dia 9 de dezembro deste ano. Além disso, o procedimento é obrigatório para todos os eleitores do município, com exceção daqueles que já tiveram seus dados biométricos coletados anteriormente pela zona eleitoral do município. Também precisam fazer a revisão biométrica os eleitores cujo voto é facultativo, como os menores de 18 anos, os maiores de 70 anos e os analfabetos.

Tunan Teixeira

Mais lidas da semana