Mídias Sociais

Política

Comemorado neste 29 de janeiro, Dia da Visibilidade Trans foi celebrado com ações no centro de Macaé na segunda, 28

Avatar

Publicado

em

 

Militantes e de grupos e coletivos de Macaé realizaram ação na Praça Veríssimo de Melo em conjunto com representantes da Secretaria de Desenvolvimento Social, Direitos Humanos e Acessibilidade

Em comemoração ao Dia da Visibilidade Trans, celebrado nesta terça-feira, 29, a Secretaria de Desenvolvimento Social, Direitos Humanos e Acessibilidade, junto com o Grupo Diversidade Macaé Vida, Coletivo Unegro Macaé e Grupo Cores da Vida, realizou um evento na Praça Veríssimo de Melo, na segunda-feira, 28.

Com distribuição de panfletos informativos, preservativos e pequenas palestras, o grupo orientou as pessoas que passaram pelo local sobre a importância da data, lembrada até mesmo pelo Google, que homenageou a Brenda Lee, que faria 71 anos em 29 de janeiro deste ano.

“O Dia da Visibilidade marca a nossa luta diária. Buscamos ser vistos como pessoas que somos, ser humanos, é uma luta por respeito. E hoje temos essa preocupação por parte do público com o núcleo LGBTI, que é muito importante”, afirmou o presidente do Grupo Diversidade Macaé Vida, Lino Santana.
Segundo a prefeitura, a data foi escolhida para celebrar o Dia da Visibilidade Trans porque em 29 de janeiro de 2004, pela primeira vez na história do nosso país, travestis e transexuais estiveram no Congresso Nacional para que falassem aos parlamentares brasileiros sobre a realidade dessa população.

“Caminhamos para ter mais visibilidade, lutamos por isso. Hoje, estamos aqui, podemos conversar com as pessoas, explicar, muitas têm curiosidade. Temos a oportunidade de ouvi-las e principalmente delas nos ouvirem”, destacou a coordenadora de Política, Acesso e Gênero da prefeitura, Márcia Lima.
Presente também no evento, a representante e assessora técnica do Centro de Cidadania LGBTI da Baixada Litorânea I e II, Fernanda Machado,  ressaltou a importância dessa união e da comemoração desta data.

“É importante essa parceria dos grupos com o poder público, é uma causa que precisa dessa união”, afirmou Fernanda.

Mais lidas do mês