Mídias Sociais

Cidades

Cidades da região recebem Participação Especial extra de royalties nesta quarta-feira, 7

Publicado

em

 

Repasses da ANP são provenientes de processo administrativo sobre correção de valores entre 2005 e 2010

Excelente notícia para a maioria das prefeituras da Região dos Lagos e do Norte Fluminense, a Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) distribui nesta quarta-feira, 7, uma Participação Especial (PE) extra de royalties a 10 municípios da região.

As informações seriam de Wellington Abreu, consultor da área de petróleo e gás na Prefeitura de São João da Barra, que teria revelado que este recurso é proveniente do resultado de um processo administrativo no qual foram apuradas diferenças nos repasses da PE de 2005 a 2010, valores que estão sendo corridos agora.

O maior beneficiado será o município de Campos dos Goytacazes, onde o Prefeito Rafael Diniz (PPS) vem sofrendo muitas críticas devido ao caos financeiro que sua administração herdou e não consegue resolver.

Os valores dos repasses da cidade campista somam R$ 25.847.014,42 extras de PE referentes a esse processo, valores que são independentes do repasse trimestral de PE, ocorrido recentemente em fevereiro, e que ocorrerá novamente em maio.

Além de Campos, Armação dos Búzios, Arraial do Cabo, Cabo Frio, Carapebus, Casimiro de Abreu, Macaé, Quissamã e Rio das Ostras, também receberam recursos da ANP referentes ao mesmo processo.

Em Rio das Ostras, onde o Prefeito Carlos Augusto Balthazar (PMDB) parece estar conseguindo acertar as contas do município, depois de assumir o governo com os cofres vazios, os repasses ultrapassam os 10,7 milhões de reais.

Os demais beneficiados com a decisão são, Macaé, que receberá 6,3 milhões de reais, e Cabo Frio, que terá direito a mais 4,2 milhões de reais na conta da prefeitura, além de Quissamã, com pouco mais de 1 milhão de reais, São João da Barra, com mais de 468 mil reais, Carapebus, com mais de 94 mil reais, e Arraial do Cabo, com exatos R$ 1.388,68, menor valor entre as 10 cidades que receberão os repasses.


 

Mais lidas do mês