Mídias Sociais

Destaque

Operação Arrasto: Polícia Federal prende cinco pessoas e apreende duas toneladas de camarão em São Pedro da Aldeia

Bertha Muniz

Publicado

em

 

O objetivo da ação é coibir a pesca ilegal durante o período de defeso na Lagoa de Araruama. Camarões aprendidos estão sendo distribuído em ONGs.

Durante a “Operação Arrasto” deflagrada pela Polícia Federal (PF) na manhã desta quinta-feira (18) em São Pedro da Aldeia, agentes prenderam cinco pessoas em flagrante e apreenderam 80 caixas, com o total de duas toneladas de camarão. O objetivo é coibir a pesca ilegal durante o período de defeso na Lagoa de Araruama. A quantidade do camarão que foi apreendido está sendo distribuído em ONGs. O objetivo é cumprir sete mandados de busca e apreensão.

A investigação da PF em conjunto com o Ministério Público Federal (MPF)  durou cerca de seis meses e comprovou a prática da pesca ilegal, que causa grande impacto na população de camarões, podendo levar à extinção da espécie no local.

O defeso total é válido nas cidades de Araruama, Arraial do Cabo, Cabo Frio, Iguaba Grande e São Pedro da Aldeia e tem o objetivo de preservar o período de reprodução das espécies. Os envolvidos poderão responder por crime ambiental e organização criminosa, caso sejam condenadas, segundo o MPF.


 

Mais lidas do mês