Mídias Sociais

Destaque

Macaé: PM reforça segurança para 10ª edição da Brasil Offshore

Bertha Muniz

Publicado

em

 

As atividades com dados do Serviço de Inteligência contam com um reforço de aproximadamente 180 policiais militares. 

A segurança da Capital Nacional do Petróleo já está garantida para receber a 10ª  edição da Brasil Offshore, considerada a segunda maior feira do gênero da América Latina. Desde a semana passada, a Polícia Militar fechou o cerco com o objetivo de reduzir a mancha a mancha criminal do município.

Ações preventivas e integradas entre as polícias Militar e Civil vêm sendo registradas desde as primeiras semanas do mês de junho, para coibir ações criminosas e combater o tráfico nas comunidades macaenses. Durante o evento, Macaé receberá de 40 a 55 mil pessoas, um aumento populacional que representa um terreno fértil para ações de bandidos e a propagação do tráfico de drogas.

As atividades com dados do Serviço de Inteligência contam com um reforço de aproximadamente 180 policiais militares, que atuarão de forma intensificada, realizando o policiamento ostensivo, saturação de área, bloqueios de trânsito e policiamento a pé dentro das comunidades.

Durante este período a parte administrativa do comando ficará reduzida a 10%.
80 desses militares são de divisões como o Regimento Montado (Cavalaria), Grupamento Tático de Motociclistas (GTM), e do Batalhão de Polícia Turística (BPTur), que conta com policiais que falam inglês, garantindo a Centro de Convenções Jornalista Roberto Marinho.

A ideia da ação é obter um trabalho preventivo, a fim de coibir a entrada de objetos ilícitos e suspeitos no evento, onde turistas de todo o país estarão presentes na cidade. Na Barra de Macaé, policiais militares vão atuar diariamente no bloqueio do trânsito e fiscalização dos veículos que trafegam em direção às comunidades e à zona Norte da cidade, além da segurança ostensiva, tanto da área de exposição, quanto do entorno do local do evento.

Mais lidas do mês