Mídias Sociais

Destaque

Glaidson Acácio e outros 11 réus participam de 2ª audiência sobre morte de Wesley Pessano em São Pedro da Aldeia

Publicado

em

 

Glaidson Acácio dos Santos, o Faraó dos Bitcoins, participa, nesta sexta-feira (10) da segunda audiência no Fórum de São Pedro da Aldeia sobre o assassinato do investidor Wesley Pessano, em julho de 2021. Além do empresário, outros dez réus no caso também compareceram.

O empresário, dono da GAS Consultoria Bitcoin é suspeito de ser o mandante do crime. Ele está preso há quase um ano por fraude contra o sistema financeiro, lavagem de dinheiro, homicídio e tentativa de assassinato.

Todos os envolvidos saíram de um presídio no Rio de Janeiro e foram transportados pela Secretaria Estadual de Administração Penitenciária (SEAP). Eles chegaram ao Fórum aldeense por volta das 9h30.

Conforme as investigações, o Faraó dos Bitcoins foi o mandante do homicídio do também investidor Wesley Pessano, com objetivo de eliminar a concorrência do mercado de criptomoedas. Ainda segundo a polícia, ele teria determinado que Thiago de Paula Reis contratasse os executores do crime, além da tentativa de assassinato contra Nilson Alves da Silva, o Nilsinho, em março de 2021.

Thiago, então, contratou Rodrigo Silva Moreira, Fabio Natan do Nascimento, Chingler Lopes Lima e Rafael Marques Gonçalves Gregório para que cometessem o assassinato.

A primeira audiência do caso aconteceu em 27 de maio. Nas duas ocasiões, a polícia preparou um esquema especial de segurança e fechou ruas que dão acesso ao Fórum.

Mais lidas da semana