Mídias Sociais

Destaque

Encontrado corpo de turista Catarinense desaparecida em trilha de Arraial do Cabo

Bertha Muniz

Publicado

em

 

O corpo da turista de Florianópolis (SC), Fabiane Fernandes, de 32 anos, foi encontrado na tarde desta quarta-feira (21), na trilha da Prainha, em Arraial do Cabo, em estado de decomposição.

Equipes do Corpo de Bombeiros, agentes da Guarda Ambiental, além de voluntários, fizeram buscas pela vítima, e no terceiro dia de trabalhos optaram pela ajuda de cães farejadores. Foi um dos cães da Guarda Municipal que encontrou o corpo na mata.  Fabiane estava nua e seus pertences, inclusive o celular, foram achados próximo ao corpo.

"Encontramos o corpo dela em uma trilha no Morro da Cabocla. A Polícia Civil irá fazer uma perícia. O aparelho celular estava jogado junto ao corpo na trilha, assim como todos os pertences. Estava sem roupas", informou o tenente-coronel da Polícia Militar (PM), Marcelo Fidalgo.

Segundo informações preliminares, ela foi estuprada e morta com uma pedrada na cabeça. Fabiane desapareceu na trilha na manhã do último domingo (18). A turista teria ido a região aproveitar o feriadão de Proclamação da República, junto com um amigo. Segundo informações do grupamento de Cabo Frio, a última localização de Fabiane foi à trilha da Prainha, uma das primeiras da cidade.

Ela teria deixado o amigo no hotel e ido para a trilha sozinha. A turista postou uma foto nas redes sociais na manhã de domingo (19), por volta das 11h, e depois ficou incomunicável. O homem, ao ver a foto, informou os bombeiros.

A foto publicada pela turista no instagram mostra a trilha no dia de seu desaparecimento.

De acordo com o biólogo Vinícius Santos, que também trabalha como guia de trilhas na região, a foto publicada pela turista diz "exercícios diários, trilha do Atalaia". Porém, a imagem mostra as trilhas da Prainha, no bairro de mesmo nome. Segundo o biólogo, isso reforça que Fabiane não conhecia o local. Ele ainda destacou o risco de fazer trilhas em locais desconhecidos desacompanhados.

 

 

 

 

Família diz que não conhece homem que estava com Fabiane

Filipe Fernandes, irmão de Fabiane, disse à reportagem do jornal Hora de Santa Catarina, noite desta terça-feira (20) que a família não conhece o homem que acompanhava a turista na viagem. Segundo o jovem, "eles ainda não se conheciam bem".

Ele também desconfia da versão de que ela foi para a atividade sem ninguém.

— Ela nunca foi de entrar em trilha assim, ainda mais sozinha.

A família mora nos Ingleses, na Capital, há mais de 25 anos, onde têm uma pousada. Fabiane é administradora do local. Ela tem um filho de 8 anos.

Conforme o irmão, Filipe, a moça não avisou os parentes que iria para o Rio de Janeiro. E foi por meio da imprensa que ficaram sabendo do desaparecimento. Um boletim de ocorrência foi registrado na Delegacia de Polícia dos Ingleses, em Florianópolis.

Local onde o corpo de Fabiane foi encontrado.


 

Mais lidas do mês