Mídias Sociais

Polícia

Dados de rastreamento de voos confirmam que avião da empresa Omni Aviação, apreendido com drogas pela PF, esteve antes em Jundiaí, no interior de São Paulo

Avatar

Publicado

em

 

Da redação

O avião apreendido com drogas em Salvador nessa terça-feira (09), um jato Dassault Falcon 900, esteve antes em Jundiaí, no interior de São Paulo. Foi o que revelaram os dados de sistemas públicos de rastreamento de voos.

Em Salvador, a aeronave foi apreendida pela Polícia Federal durante uma operação no último dia 09 de fevereiro. Na ação, os agentes federais interditaram o jato de matrícula portuguesa CS-DTP, após encontrar 500 quilos de droga dentro do avião, que pertence à empresa portuguesa de táxi aéreo Omni Aviação, que até recentemente tinha relação com a brasileira homônima.

Os dados de sistemas públicos de rastreamento de voos, conhecido como FlightRadar 24, relevaram que o avião Falcon 900 chegou ao Brasil no último dia 28 de janeiro, após sair do hangar de pintura em Portugal. A aeronave parou em Salvador e, posteriormente, viajou para Jundiaí, de onde decolou no último dia 07 para Salvador, e nessa terça-feira (09), foi apreendida com cocaína.

A Polícia Federal informou que o destino do avião seria Lisboa, e que esse já é o terceiro caso de jato apreendido nos últimos meses na rota Brasil e Portugal  O primeiro foi um raro jato Westwind, no final do ano passado e uma outra aeronave, de matrícula não revelada, também foi apreendida em dezembro.

Crédito: Divulgação

Mais lidas da semana