Mídias Sociais

Polícia

Comerciante é alvo de golpe do dólar falso em Cabo Frio

Publicado

em

 

Turistas argentinos repassaram seis notas de 100 dólares ilegais em uma ótica localizada na Rua Casimiro de Abreu, no Centro. 

Turistas argentinos deram um golpe em uma loja no Centro de Cabo Frio, na tarde de quinta-feira (8). Dois homens e uma mulher repassaram seis notas de 100 dólares falsos em uma ótica localizada na Rua Casimiro de Abreu, no Centro.

A fraude só foi percebida quando o dono do estabelecimento, Átila Motta, foi trocar as cédulas em uma casa de câmbio, na sexta-feira (9). “Não estava na ótica no momento em que os turistas efetuaram o golpe, mas uma funcionária entrou em contato comigo detalhando a compra e perguntando a cotação do dólar. Não costumamos aceitar dólares, mas em função da crise passei a cotação para ela e autorizei a venda” – disse o empresário, alertando outros comerciantes para que fiquem alertas quanto aos golpes de cédulas falsas durante o Carnaval.

Segundo o delegado titular da Polícia Federal de Macaé, Felício Laterça, comerciantes não têm que aceitar cédulas estrangeiras. “Essa prática é proibida. Turistas estrangeiros precisam trocar suas notas em casas de câmbio. Comerciantes que acham que terão vantagem trocando moeda estrangeira estão tendo prejuízos”, alertou o delegado.

Autor: Bertha Muniz


 

Mais lidas do mês