Mídias Sociais

Geral

Saúde de Cabo Frio terá esquema especial para atender demanda do Carnaval

Avatar

Publicado

em

 

Além das unidades de saúde abertas, dez ambulâncias serão disponibilizadas em pontos estratégicos. 

O setor de saúde de Cabo Frio atuará em esquema especial para atender a demanda do Carnaval. Além das unidades abertas para casos de emergências e urgências pediátricas e adultas, dez ambulâncias serão disponibilizadas em pontos estratégicos.

De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde, as unidades de emergência e urgência de Cabo Frio vão funcionar durante toda a festividade do Carnaval.  As UPAs do Parque Burle e de Tamoios, o Hospital Municipal Otime Cardoso dos Santos (HMOCS), no Jardim Esperança; e o Hospital de Tamoios, vão atender a população em casos de emergências e urgências.

Os casos de pacientes com traumas socorridos pelo Corpo de Bombeiros serão encaminhados para o Hospital Central de Emergência (HCE); e Hospital São José Operário (HSJO), em São Cristóvão; Para internação a indicação é o Hospital do Jardim Esperança, e o Hospital Municipal da Mulher/Criança (HMM/HMC), no Braga.

Além disso, haverá um esquema especial de atendimento com 10 ambulâncias, sendo uma baseada na Praça da Cidadania, na Praia do Forte, próxima à cabine da PM, e as demais distribuídas entre as unidades.

A saúde também entrou na campanha nacional “Prevenir é Viver o Carnaval #VamosCombinar”, que tem como objetivo incentivar a prevenção à Aids. Uma central de distribuição de preservativos será montada no Terminal Rodoviário Alexis Novellino. Segundo a Coordenadoria Municipal de IST/AIDS/Hepatites Virais, estarão à disposição da população, de maneira gratuita, 40 mil preservativos.

O Hospital Dia, que é a unidade de referência para prevenção e tratamento das infecções sexualmente transmissíveis (ISTs), AIDS e hepatites virais, estará fechado durante o Carnaval, mas os profissionais estarão de prontidão para atendimento nas UPAs do Parque Burle e de Tamoios e no Hospital Municipal de Mulher (nesta unidade, exclusivamente para casos de violência sexual contra mulheres, gestantes e crianças).

Mais lidas do mês