Mídias Sociais

Geral

Mesmo com mudanças por causa das eleições, Alerj perde representantes da região

Avatar

Publicado

em

 

Com a posse de prefeitos que ocupavam cargos de deputados estaduais, novos parlamentares assumiram seus mandatos na Assembleia Legislativa no Estado do Rio de Janeiro (Alerj) na última segunda-feira, 2, deixando a região com menos representantes.

Com a saída de Carlos Augusto Balthazar (PMDB), que tomou posse como prefeito em Rio das Ostras, a Alerj passa a ter apenas 2 representantes da região, Jânio Mendes (PDT), de Cabo Frio, e Márcia Jeovani (DEM), de Araruama.

Especulado pelos colegas de plenária em Macaé como candidato a assumir uma das vagas deixadas pelos prefeitos empossados no último domingo, 1, o agora ex-vereador Chico Machado (PDT) não conseguiu entrar e permanece como suplente.

Além das mudanças provocadas pela posse dos eleitos nos pleitos municipais, o deputado Rafael Picciani (PMDB) reassume seu mandato na Alerj, depois de se desligar da Secretaria de Governo da cidade do Rio.

Os novos deputados estaduais são Átila Nunes (PMDB), Geraldo Moreira (PTN), Gilberto Palmares (PT), Coronel Jairo (PMDB), Dica (PTN) e Marco Figueiredo (PROS), que assumiram as cadeiras deixadas por Carlos Augusto (PMDB), prefeito de Rio das Ostras; Farid Abrão (PTN), prefeito de Nilópolis; Dr. Sadinoel (PT), prefeito de Itaboraí; Waguinho (PMDB), prefeito de Belford Roxo; Bernardo Rossi (PTN), prefeito de Petrópolis; e Rogério Lisboa (PROS), prefeito de Nova Iguaçu.
Os parlamentares retomam os trabalhos legislativos na Assembleia Legislativa do Estado do Rio após o fim do recesso, no dia 1 de fevereiro.

Tunan Teixeira

Mais lidas da semana