Mídias Sociais

Esporte

Macaé sedia etapa do Power Jump Day reunindo atletas na Academia Mais Fitness

Avatar

Publicado

em

 

Evento acontece em várias cidades do país, com o intuito de incentivar a prática da atividade física

 

 

Bertha Muniz

Macaé sediou no último domingo (27) mais uma etapa do Power Jump Day, evento nacional de ginástica coletiva que reúne uma legião de praticantes, através dos professores e academias licenciadas. O palco para as seis horas de aulas interruptas foi a Academia Mais Fitness, no Cavaleiros.

O evento acontece em várias cidades do país, com o intuito de incentivar a prática da atividade física. Na etapa de Macaé, 450 pessoas de cidades como Cabo Frio, Campos dos Goytacazes e São Paulo, lotaram a Mais Fitness, onde tiveram aulas com o criador e coreógrafo oficial do Power Jump, o professor Robinson Kennedy.

“Ano passado realizamos a etapa de Macaé junto com a de Niterói. Este ano fizemos um evento só aqui, o que superou nossa expectativa, com todas as aulas lotadas de alunos empenhados na prática do exercício”, destacou Kennedy.

Thiago Vieira, professor de Power Jump e coordenador da Mais Fitness, explicou que a procura foi grande pelo evento em Macaé. “Cada professor tinha que vender uma quantidade de kits para ter direito a ministrar uma música com o criador do Power Jump. O sucesso foi tanto, que começamos com turmas de 50 alunos, aumentamos para 60 e fechamos com 75 alunos por turma”, explicou Thiago.

A Aula mescla exercícios funcionais, localizados e aeróbios com equipamentos . Com duração que pode variar entre 45 e 60 minutos, o Power Jump é dividido em etapas e objetivos específicos como treino cárdio, exercícios para estabilização, pico de treino localizado, entre outros.

O resultado é um gasto calórico muito alto, cerca 600 calorias por aula, dependendo do nível e intensidade que o professor oferece ao aluno. Os benefícios são aumento das habilidades como força, resistência e flexibilidade.

O Power Jump foi lançado no começo de 2004, quando começaram os testes em alunos para ver quais as melhores estruturas e músicas. “O programa já era utilizado por professores”, conta Kennedy que diz que, nessa década, a aula evoluiu bastante, mesclando a simplicidade com o desafio.

É possível praticar o Power Jump todos os dias, e os músculos mais trabalhados durante o treino são glúteos, parte da frente e de trás das coxas, panturrilha, abdômen e costas. Segundo Thiago Vieira, da Mais Fitness, são raras as contraindicações para quem quiser praticar as aulas. “Somente gestantes e pessoas com labirintite não podem praticar o exercício. Não há limite de idade”, explica Thiago.

Para o Gestor Administrativo e professor de Educação Física da Mais Fitness, Jack Carino Mussi, sediar pela segunda vez o Power Jump Day, reforça a excelência das modalidades oferecidas pela academia. “É uma satisfação poder contar com esse time de peso entre nós. Agrega experiência, além do fator mais importante que é reunir praticantes para um dia de confraternização em torno da atividade física”, avaliou.

Power Jump: o segredo do sucesso

O fator musical é um dos principais atrativos da aula de Power Jump, visto que o set list conta com músicas que tocam nas rádios, nas novelas, em décadas passadas, combinando gostos diferentes em uma mesma aula.

A facilidade das aulas também é ponto positivo: “a simplicidade é muito maior do que a complexidade e o desafio é individual de executar os exercícios com maior esforço e chegar ao fim das aulas”, explica Kennedy.

O Power Jump segue três pilares: condicionamento cardiovascular, equilíbrio e diversão. O trabalho lúdico sobre o minitrampolim faz com que os alunos se exercitem sem necessariamente perceber a intensidade do esforço que estão realizando – o que acaba atraindo e fidelizando aqueles que buscam saúde, beleza e bem-estar.

#SangueLaranja define os amantes de Power Jump

Quem se dedica ao Power Jump se apaixona e não deixa as aulas. Prova disso é que a cor laranja foi escolhida como a tonalidade do Power Jump foi adotada tanto pelos professores quanto pelos alunos apaixonados pela modalidade. “É uma febre dizer que é sangue laranja, um orgulho”, cita Kennedy.

Mais Fitness

Ao todo, a Academia Mais Fitness conta com 25 colaboradores, entre professores, serviço geral e administração. A expectativa é que o quadro aumente, segundo Jack Mussi, para atender a demanda da academia.

No terraço, em breve, uma quadra poliesportiva completa para os praticantes de futebol, vôlei, basquete e treinamento funcional.

Dois banheiros amplos e completos estão à disposição do público masculino e feminino da academia, com 10 chuveiros com água quente no inverno e frio no verão.

As novas instalações da Academia Mais Fitness foram projetadas pelo arquiteto Marcelo Merquici e, pensando também em energia renovável  economia, os vidros absorvem o máximo a luz do sol, além de todo equipamento de som, adquirido por R$ 100 mil, sendo todo importado.

A Academia Mais Fitness funciona de segunda a sexta-feira, das 6h às 23h. Aos sábados, das 10h às 13h e das 17h às 20h. Domingos e feriados, das 9h às 13h.

Siga a Academia Mais Fitness no Facebook: https://www.facebook.com/AcademiaMaisFitness/

 

Clique Diário

E. L. Mídia Editora Ltda
CNPJ: 09.298.880/0001-07
Redação: Avenida Atlântica, 2.500, sala 22 – Cavaleiros – Macaé/RJ

cliquediario@gmail.com
(22) 2765-7353

Mais lidas da semana