Mídias Sociais

Esporte

Grande final do Campeonato Amador traz duelo interessante também fora das quatro linhas

Publicado

em

 

Se dentro de campo Independente e Aroeira vão travar uma verdadeira batalha pelo título da Série A do Campeonato Amador de Futebol, fora das quatro linhas a grande final também trará uma disputa igualmente interessante entre os treinadores de ambas as equipes. Mateus e Alanderson não entram em campo, não são protagonistas, mas sim responsáveis pelas campanhas quase que impecáveis das equipes. Afinal de contas, por trás de dois times acostumados a conquistar títulos, existem sempre grande treinadores.

Mateus nem sempre aparece, mas contribui de forma significativa com táticas e estratégias que fazem do Independente uma das grandes forças da competição e também o dono da melhor campanha até aqui. Ele treina a equipe desde 2014. Nesse período, vem acumulando títulos. Foi vice-campeão macaense em 2015, e campeão da supercopa macaense 2015, campeão da Taça Cidade Macaé de 2016 e campão Macaense de 2016. Isso aos 31 anos.

Alanderson Gomes de Souza não fica para trás nessa corrida. Aos 42 anos, ele também soma feitos para lá de notáveis no futebol. Afinal de contas é tricampeão macaense do Campeonato Amador e ainda soma dois vices pelo Aroeira. Dá para dizer com toda certeza que ele conhece melhor do que ninguém os caminhos da competição. Ele também foi tricampeão no futsal amador com o Azurra Futsal. E não para por aí. Alanderson foi técnico do Sub-17 do Macaé Esporte no Campeonato Carioca, auxiliar técnico de Toninho Andrade entre os profissionais do Macaé, campeão da Taça Corcovado em 2013 pela Cabofriense, também como auxiliar de Toninho Andrade. Hoje, chega a mais uma final com o Aroeira.

Neste sábado às 10 horas no Estádio Expedicionário, vamos saber qual dos dois sairá com mais uma conquista no currículo. Qual das duas filosofias irá prevalecer na grande final.

Sérgio Barcellos

Foto: divulgação 

Mais lidas da semana