Mídias Sociais

Destaque

Flamengo minimiza má fase do São Paulo e prega respeito ao adversário deste domingo

Publicado

em

 

 

Elenco exalta qualidade do adversário e espera em jogo difícil no Estádio Luso-Brasileiro

Sérgio Barcellos

Embalado após resultados recentes tanto no Campeonato Brasileiro como na Copa do Brasil, o Flamengo chega para o confronto deste domingo contra o São Paulo como franco favorito. Afinal de contas, o rival paulista vive um momento conturbado na competição, lutando contra o rebaixamento e com um incômodo jejum de cinco partidas sem vitórias. Apesar do amplo favoritismo, o Rubro-Negro prega total respeito ao adversário. A partida será no Estádio Luso-Brasileiro, às 16 horas.

“São duas grandes equipes e quando a bola começa a rolar essa diferença na tabela fica em segundo plano. Para nós a expectativa é uma partida recheada de dificuldades e que vai exigir demais de nós. O São Paulo tem um time perigoso, portanto, temos que trabalhar como se o jogo fosse contra o líder do Campeonato Brasileiro. Essa é a nossa maneira de pensar”, disse Zé Ricardo, comandante do Flamengo.

O lateral-esquerdo Miguel Trauco seguiu a mesma linha de raciocínio do treinador. “O São Paulo é um grande adversário, pois apesar da situação na tabela de classificação, tem nomes de qualidade, que podem desequilibrar o confronto a qualquer momento. Temos que ficar atentos e esquecer a posição na tabela de classificação. O fato de o São Paulo estar na parte de baixo não representará nada quando a bola começar a rolar no domingo. Disso eu tenho convicção”, disse o peruano.

O meia Everton também prevê um duelo bastante equilibrado. “Vai ser um confronto muito complicado, pois são dois grandes clubes do futebol brasileiro. O nosso desejo é o de que o Flamengo consiga sufocar desde os primeiros minutos, mas não sabemos se vamos conseguir. O torcedor não deve esperar facilidades, pois isso não vai acontecer. Resultado em casa é muito importante no Brasileiro, ainda mais no campeonato longo. Para a sequência do campeonato é importantíssimo. É nossa obrigação conseguir essa vitória”, disse o meia.

Em termos de escalação, o Flamengo parece definido. Para este compromisso o Flamengo não poderá contar com o lateral-direito Rodinei, suspenso por acúmulo de cartões amarelos. Assim, Pará assume a lateral direita. Não inscritos na Copa do Brasil, o zagueiro Rhodolfo e o meia Everton Ribeito voltam a ficar à disposição. O primeiro pode ser aproveitado na vaga de Juan, que teria a oportunidade de ser preservado. Já o apoiador barra o colombiano Orlando Berrío. Dessa maneira, o Flamengo deve ir a campo com: Thiago, Pará, Réver, Rhodolfo e Miguel Trauco; Márcio Araújo, Gustavo Cuéllar, Diego, Everton Ribeiro e Everton; Leandro Damião.

 

 

Mais lidas da semana