Mídias Sociais

Esporte

Bauru bate o Macaé Basquete no Panela de Pressão e abre 2 a 0 na série melhor de cinco

Publicado

em

 

Paulistas podem selar classificação na próxima segunda-feira em caso de nova vitória

Sérgio Barcellos

Em mais um confronto de grande equilíbrio, o Bauru utilizou mais uma vez de sua experiência para controlar o jogo e vencer o Macaé Basquete na tarde deste sábado, dia 08, no Ginásio Panela de Pressão, em São Paulo, por 91 a 79. Com a vitória, os paulistas abriram 2 a 0 na série melhor de cinco e agora podem selar a classificação para as quartas de final já na próxima segunda-feira, dia 10, novamente no Panela de Pressão. O Alvianil Praiano precisa vencer o próximo jogo para seguir vivo na competição e trazer a quarta partida para o Juquinha. Jefferson pelos paulistas e Anthony pelos visitantes foram os cestinhas, com 24 pontos cada.

O Bauru começou a partida com um ritmo muito forte, tentando impor pressão sobre o adversário desde os primeiros segundos. Léo Meindl acertou arremesso de três pontos e colocou os donos da casa na frente. Erick respondeu para o Macaé com uma cesta de dois pontos. Após muito equilíbrio, Jefferson apareceu bem. Anotou seis tentos para os paulistas. Mas do outro lado, Schneider foi o grande nome do Alvianil Praiano, tendo anotado 7. Ainda assim, o Bauru fechou o primeiro período a frente, com 23 a 19.

No segundo quarto, as duas equipes voltaram com tudo. Assim como aconteceu no primeiro jogo da série, a dupla Jefferson e Alex ditavam o ritmo do jogo pelo lado do Bauru. Juntos, ambos anotaram 14 pontos no período, 7 para cada um.  Pelo lado do Macaé nenhuma novidade. Kendall Anthony apareceu bem. Também anotou 7 pontos e junto com Schneider foi o destaque dos visitantes. Em um confronto bastante equilibrado, o quarto terminou com 24 a 23 para os donos da casa, que foram para o intervalo vencendo por 47 a 42.

O terceiro período também foi bastante equilibrado. O Bauru anotou dois pontos com Shilton. O Macaé respondeu com uma cesta de três de Anthony.  Jefferson e Alex voltaram a aparecer bem e mantiveram os paulistas a frente. O Macaé errou seus ataques com Erick e Lupa. Mas a cesta de três de Simmons aliviou a pressão e manteve o time vivo no jogo. Apesar do equilíbrio, o Bauru conseguiu fechar o terceiro quarto com uma ligeira vantagem: 21 a 19, indo para o último período vencendo por 68 a 61.

Com sete pontos de vantagem nos últimos dez minutos, o Bauru tinha um pouco mais de tranquilidade para fechar o jogo. Precisando tirar toda a vantagem do adversário, o Macaé não se entregou, mas sabia que sua missão não era das mais fáceis dada a qualidade do rival. Os visitantes foram aguerridos até o fim, lutaram. Mas o Bauru acabou fechando a partida, assegurando a vitória.

Mais lidas da semana