Mídias Sociais

Destaque

Prefeitura de Quissamã antecipa salário e paga abono a servidores nesta quinta-feira

Avatar

Publicado

em

 

São mais de R$ 13 milhões injetados na economia local e da região

 

Os servidores da Prefeitura de Quissamã nesta quinta- feira (20) e sexta-feira (21) recebem o salário de dezembro e também o abono de Natal. Esse presente da administração municipal não é extensivo aos secretários municipais. A prefeitura também estará pagando um abono de R$ 100,00 para todos os participantes de programas sociais da cidade. No total são quase 14 milhões que farão a alegria de todos.

Segundo a secretária municipal de Fazenda, Simone Moreira já foi pagos R$ 6,2 milhões, referentes aos salários de novembro, depositados no início do mês; o mesmo valor será liberado com a folha de dezembro; mais R$ 1.129.500,00 de abono dos servidores e R$ 232.600,00 dos programas sociais, perfazendo um total de R$ 13.853.100,00. “Os salários e o abono serão depositados no decorrer do dia. O atual governo tem valorizado o funcionário público, que, por exemplo, não recebia abono há cinco anos. A conquista também é do comércio, já que boa parte desses recursos vai circular na cidade”, completou Simone.

“Os salários e o abono serão depositados no decorrer do dia. O atual governo tem valorizado o funcionário público, que, por exemplo, não recebia abono há cinco anos. A conquista também é do comércio, já que boa parte desses recursos vai circular na cidade”, completou Simone.

As conquistas dos servidores na gestão de Fátima somente este ano começaram com o reajuste de 30% no tíquete-alimentação, que passou de R$ 297,73 para R$ 387,04. Em seguida veio o reajuste salarial de 5%; e, agora, o abono de Natal, algo que não acontecia desde 2013. O pagamento do mês de novembro ocorreu no dia 5 de dezembro. E partir de 2019, o salário voltará a ser pago dentro do mês, nos últimos dias úteis.

Para o comércio na região, o pagamento de salários e o 13 salário principalmente das prefeituras, que representa a maioria dos empregadores - fora de Macaé – é um grande alento e perspectivas de melhoras. Quem acredita nisso, é o presidente da Associação Comercial e Industrial de Macaé, Antonio Severino dos Santos. Segundo ele, a expectativa do crescimento da economia deve ser superada este ano. “Estamos vivendo um momento de recuperação econômica e o recurso extra num período de festas e de presentear as pessoas mais próximas, incentiva as compras. Com isso, há um crescimento natural da economia em diversos setores da cidade e o comércio é dos que mais sente este aumento nas vendas”, conclui.

 

Tânia Garabini


 

Mais lidas do mês