Mídias Sociais


Destaque

Arteris Fluminense comunica devolução da concessão da BR- 101

Publicado

em

 

A Arteris Fluminense comunicou, nesta terça-feira (19), que pretende devolver a concessão da BR-101 no estado do Rio de Janeiro. O pedido foi enviado por meio de documento à Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT). No comunicado, a empresa diz que a devolução não tem relação com a pandemia de Covid-19, que diminuiu a circulação de pessoas e cargas na estrada, por conta do isolamento social.

Imediatamente, deputados federais da região reagiram forte ao anúncio, prometendo mobilizar a bancada do Estado do Rio no Congresso Nacional contra a medida. “Vejo isso aí como um imenso desrespeito à população fluminense, ainda mais em tempos de pandemia. Nós vamos tomar atitudes. Estamos cientes, não só eu, como outros parlamentares, o coordenador da bancada. Nós vamos cobrar deles, inclusive para saber quanto eles arrecadaram nesse tempo. Porque a gente sabe que eles não cumpriram os prazos. Vamos ter que esmiuçar esse contrato. Eles vão ter que devolver o dinheiro à população fluminense e acho que cabem coisas maiores que isso ainda. Isso para mim é um desrespeito”, frisou Felício Laterça, deputado federal de Macaé.

Por meio de nota, a Arteris informou que protocolou no dia 19 de maio, junto à Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), nos termos da Lei nº 13.448/2017, o pedido de relicitação do trecho da BR-101/Norte-RJ, administrado pela concessionária Arteris Fluminense. A Arteris destacou que reforça o seu comprometimento com a infraestrutura do Brasil e seguirá prestando todos os serviços de atendimento aos usuários da BR-101 até que sejam cumpridos todos os procedimentos previstos no processo de relicitação.

No comunicado, a empresa diz que a devolução não tem relação com a pandemia de Covid-19.

Mais lidas da semana