Mídias Sociais

Destaque

Welberth Rezende é eleito prefeito de Macaé em disputa acirrada e histórica

Bertha Muniz

Publicado

em

 

Welberth Rezende, do Cidadania, foi eleito, neste domingo (15), prefeito de Macaé para os próximos quatro anos. Ao fim da apuração, Welberth Rezende teve 23,93% dos votos. Foram 26.060 votos no total. Com 11 candidatos na disputa, essa foi a eleição mais acirrada da história de Macaé.

O candidato disputou voto a voto Riverton Mussi (PDT), que ficou em segundo lugar com 22,48% (24.477 votos) mas encontra-se com situação anulada sub judice, segundo o TRE, e com o radialista Robson Oliveira, do PTB , que teve 22,23% dos votos. A eleição em Macaé teve 26,96% de abstenção, 3,4% votos brancos e 5,92% votos nulos.

“Essa vitória recompensa o sacrifício de todos aqueles que caminharam ao meu lado e se espalha em forma de felicidade por milhares de lares macaenses. Eu estou comemorando ao lado dos que me acolheram com sua confiança e generosidade, mas vou governar para todos”, disse Welberth em seu discurso de vitória.

Welberth Rezende tem 45 anos, é casado, e está em seu primeiro mandato como deputado estadual. Formado em Direito, foi eleito vereador por Macaé em 2012 e 2016. Na eleição de 2018, conquistou uma cadeira como deputado estadual.

Na Alerj, é autor de 69 Projetos de Lei, fez 46 indicações e 13 moções. Ele tem um patrimônio declarado de R$ 557.079,79. O vice é Chapeta, do PSDB, que tem 71 anos. Os dois fazem parte da coligação Macaé Para Todos, formada pelos partidos CIDADANIA, REDE, PODE, PROS, PV, PSDB e PC do B.Na Alerj, é autor de 69 Projetos de Lei, fez 46 indicações e 13 moções. Ele tem um patrimônio declarado de R$ 557.079,79. O vice é Chapeta, do PSDB, que tem 71 anos. Os dois fazem parte da coligação Macaé Para Todos, formada pelos partidos CIDADANIA, REDE, PODE, PROS, PV, PSDB e PC do B.

Mais lidas da semana