Mídias Sociais

Covid-19

Macaé completa uma semana sem mortes por Covid-19

Publicado

em

 

A cidade de Macaé, completou sete dias sem registrar mortes causadas pela Covid-19. As informações são do último boletim divulgado pela Secretaria da Saúde do município. Segundo o órgão, o último óbito foi registrado no dia 13 de julho.

O município segue na bandeira amarela, que representa risco médio de contaminação por coronavírus, considerando a taxa de incidência do vírus e o percentual de ocupação dos leitos do Centro de Terapia Intesiva (CTI) destinado a pacientes graves da doença.

Até esta terça-feira (20), Macaé tem 56% de taxa de ocupação dos leitos de terapia intensiva do SUS Covid-19; 41% de ocupação de leitos de enfermaria Covid-19; 2,32% de letalidade e 60,8 de incidência, de acordo com a média semanal.

Ainda sobre a Região Norte Fluminense, Campos dos Goytacazes registrou, nos últimos sete dias, 22 mortes em decorrência da Covid-19. Já na Região dos Lagos, Cabo Frio teve 45 óbitos causados pela doença.

Segundo a equipe de Coordenação de Vigilância Epidemiológica da Secretaria Municipal de Saúde, a redução do número de óbitos está diretamente ligada ao avanço da vacinação, com aumento da faixa populacional geral que recebe as doses do imunizante.

O governo municipal já solicitou, por meio de ofícios e agenda oficial, o envio de remessas de vacinas de acordo com a estimativa populacional acima da faixa de 18 anos. São cerca de 191 mil pessoas, conforme dados do IBGE e Ministério da Saúde.

A redução do número de casos confirmados diariamente e a contenção dos óbitos em Macaé se deve também aos efeitos das medidas de enfrentamento ao contágio local do vírus, como as restrições de acesso a ambientes públicos e privados, com regulamentação sobre a ocupação de áreas e número de pessoas por metro quadrado e a obrigatoriedade do uso de máscaras de proteção facial, que segue mantida.

Os dados do último Covidímetro divulgado pelo município mostram que a cidade contabiliza 29.814 casos confirmados de coronavírus, sendo 692 óbitos. Entre os pacientes recuperados, já são 28.985 curados.

Mais lidas da semana