Mídias Sociais

Destaque

Inea faz operação em Búzios e descobre área desmatada equivalente a oito Maracanãs

Bertha Muniz

Publicado

em

 

Mourões demarcavam lotes a venda em uma área de vegetação de mata atlântica.

Fiscais do Instituto Estadual do Ambiente (Inea), realizaram nesta segunda-feira (24), mais uma operação para reprimir o desmatamento em área de vegetação na localidade de Baía Formosa, em Armação dos Búzios, na Região dos Lagos.

A equipe realizou a retirada de mourões que demarcavam uma área de vegetação de mata atlântica destruída de 80 mil metros quadrados, o equivalente a oito Maracanãs. Os mourões eram colocados para demarcar lotes para venda. Apesar da área não fazer parte da vegetação protegida no Parque Estadual Costa do Sol, muitas espécies de animais viviam no local e o grupo não tinha autorização para desmatar. De acordo com o chefe do Parque Costa do Sol, Marcelo Morel, a investigação será encaminhada para a delegacia de Búzios. Ninguém foi preso. A área foi identificada graças ao Olho Verde, que monitora a vegetação via satélite.

O projeto Olho no Verde, da Secretaria de Ambiente e Sustentabilidade, fiscaliza alertas de incêndio e desmatamentos por meio de imagens de satélite de alta resolução obtidas semanalmente, o que permite identificar, com precisão, desmatamentos a partir de 300 metros quadrados, ou seja, até mesmo o corte de uma única árvore. Denúncias no interior do Estado podem ser feitas através do 0300- 253-1177.

Mais lidas da semana