Mídias Sociais

Clima

Chuva e rajadas de vento provocam transtornos em Macaé e cidades da região

Bertha Muniz

Publicado

em

 

No Centro de Macaé, uma árvore caiu na Rua Visconde de Quissamã, próximo o prédio dos 10 andares.

A forte chuva que atinge diversos municípios da região já causa transtornos ao moradores. O temporal é ocasionado por uma frente fria, que está agindo no oceano e espalhando áreas de instabilidade sobre o estado do Rio de Janeiro. A situação no estado é de alerta.

Em Barra de São João, distrito de Casimiro de Abreu, uma árvore caiu sobre uma casa, mas não causou maiores problemas. A árvore foi retirada com a raiz, devido a força do vento. No Centro de Macaé, uma árvore caiu na Rua Visconde de Quissamã, próximo o prédio dos 10 andares. Um veículo que estava estacionado na via ficou debaixo da árvore.

Ninguém ficou ferido. Parte da via chegou a ser  interditada pela Mobilidade Urbana e Guarda Municipal. A maior cautela é com fios de rede elétrica que pode estar exposto no chão e provocar acidentes. Também no Centro da Capital do Petróleo, outra árvore caiu dentro do pátio da Escola Municipal Ana Benedicta. Por sorte nenhuma criança estava no local.

No bairro Nova Macaé, uma árvore caiu na via principal e os condutores tiveram que desviar do trânsito. No bairro Fronteira, o vento destelhou uma casa. Em Rio das Ostras, o vento provocou um curto circuito de um transformador na entrada da Praia da Tartaruga, deixando alguns bairros próximos sem energia elétrica.

O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) emitiu um alerta de tempestades para Macaé e cidades da região. De acordo com o órgão, haverá chuvas intensas e ventos fortes entre a partir das 19h desta segunda-feira (11) até às 11h20 desta terça-feira (12). Os municípios de Rio das Ostras, Quissamã, Carapebus, Conceição de Macabu e Casimiro de Abreu também devem ficar em estado de atenção.

Para Macaé, o acumulado de chuvas é de 29,6 mm até esta terça (12). O Inmet orienta que a população evite enfrentar o mau tempo, observe alterações nas encostas e evitem usar aparelhos eletrônicos ligados à tomada.

Mais lidas da semana